Quando o amor entra em crise, a gente ama mais os filhos (especial)



Quando afirmo que devemos amar o cônjuge mais que os filhos percebo que surge focos de discordância. Discordar é bom e eu aprecio. A gente amadurece no meio da diversidade. Por isso, quero compartilhar algumas razões para que se ame o cônjuge mais que os filhos. É um princípio bíblico. Deus fez primeiro o casal, depois o casal gera os filhos (e alguns casais nem filhos desejam). Nossos filhos um dia sairão de casa, pois deixará o homem o seu pai e a sua mãe e unir-se-á a sua esposa e serão ambos uma só carne. Seus filhos, por mais importantes que sejam, um dia deixarão vocês e, se você ama muito seu cônjuge, sentirá falta deles, mas não perderá o equilíbrio emocional. Num relacionamento saudável somente os cônjuges não abandonam o lar. Muita gente ama mais os filhos que o cônjuge porque a paixão entre eles acabou e o que resta é o laço afetivo com os filhos. Quando amar o cônjuge vira suplício, amar mais os filhos é a única forma de amor que resta. Todo casado em crise diz que ama mais os filhos que o cônjuge. Claro, pois odeia ou despreza quem um dia ouviu de seus lábios promessa de amor eterno! Há, inclusive, quem não ama o ex-parceiro(a) nem os filhos, pois dar somente “o dinheiro do leite das crianças” não é amor, é bondade forçada, desprezo mesmo. Precisamos amar nossos cônjuges mais que nossos filhos. Pergunte a qualquer filho qual é o maior desejo dele? Que papai e mamãe se amem muito, muito, muito. O que eles mais querem não é serem adorados e paparicados, mas que seus pais se amem. Uma mulher vai dar a luz. Há um problema com o feto. O marido tem de escolher, ou a vida do bebê ou da esposa. Querida, tentaremos de novo depois, mas eu te amo muito, não posso te perder ou quero essa criança viva, nem que minha esposa morra durante o procedimento?. Num casamento saudável, a esposa vem antes dos filhos. Não por que eles são irrelevantes, mas porque ela é mais importante! Quem ama os filhos mais que o cônjuge vive algum desajuste no casamento (ou está desiludido com o relacionamento, ou a paixão acabou, ou não é correspondido como deveria). Então não justifique o fracasso no casamento dizendo que os filhos devem ser amados mais. Não! Você ou seu cônjuge ou os dois foram quem não entenderam ainda o propósito do casamento. Você ama seus filhos mais que a esposa? Daqui a 30 anos procure-os. Eles estarão vivendo suas vidas – somente sua esposa permanecerá firme ao seu lado. Substitua o adesivo do carro com o nome de seus filhos pelo nome de sua esposa. Seus filhos ficarão muito mais seguros dentro do carro e dentro de casa. Quem ama a esposa mais que os filhos, nunca abandonará a família. Mas, nada impede de quem ama os filhos mais que a esposa, de abandonar a esposa junto com os filhos.

2 comentários:

Anônimo disse...

AGORA EU ENTENDO O SIGNIFICADO DISSO TUDO, OBG PASTOR POR ME FAZER OLHAR O OUTRO LADO DA COISA. UM FORTE ABRAÇO.

Anônimo disse...

Tenho sofrido muito exatamente por causa disso... Pois toda esposa deseja ser mais amada para seu marido...

Receba mensagens desse blog no seu E-mail