O evangelho que Jesus nunca pregou


O Evangelho de Jesus é a melhor notícia para a humanidade que vive nas trevas. Perdão ilimitado, comunhão plena com o Senhor, vida eterna garantida, coração pacificado... (não gosto de usar reticências, mas, são tantos benefícios que o Evangelho produz, que poderíamos continuar citando indefinidamente o porquê de nossa terna gratidão e amor pelo Senhor). O que choca é saber da existência do outro evangelho que está sendo pregado, com sucesso, nos templos e através da mídia, rotuladas de mensagens de Deus. Dói ver tanta ignorância e tanta ganância juntos. Senão, vejamos: Jesus nunca ensinou que riqueza e saúde são provas de intimidade com Deus; Jesus nunca disse que nossa oferta em dinheiro dimensiona nossa fé; Jesus nunca falou que devemos pagar as bênçãos materias e espirituais; Jesus nunca estipulou abrir igrejas somente onde a praça é boa, como se igreja fosse agência bancária e pastor gerente de um bom negócio. Não parece estranho que no altar de Jesus estejamos adorando dinheiro? O amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores. O jovem rico retirou-se triste porque amava o dinheiro mais que queria seguir a Jesus. Se fosse hoje, ele seria convidado a dar seu depoimento em rede nacional de rádio e televisão.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail