Sobre Escândalos


Jesus alertou sobre escândalos. Ai daqueles por quem eles vem. Realmente, deve ser horrível enfrentar a reprovação da opinião pública e a vergonha de conviver com famíliares ou amigos que se decepcionaram com seu comportamento. Melhor seria amarrar uma "mó de atafona", uma prensa de pedra de moínho, no pescoço e se afogar. Morrer é melhor que escandalizar. Quando um líder evangélico cai em desgraça, a tendência é condenar (principalmente a mídia) ou encobrir (principalmente os evangélicos). Jesus ensina diferente. Para Ele, deve-se repudiar o pecado e amar o pecador. Aquele que está em pé, cuidado para que não caia. Além disso, Deus perdoa pecados, inclusive escândalos. Davi, a mulher adúltera, Manassés, Pedro e outros foram restaurados, logo depois de um período de genuíno arrependimento. Ao invés de jogar pedra na Geni da vez, padre pedófilo ou pastor tarado, o melhor mesmo é pedir misericórdia para si e ser misericordioso com a vítima e com o réu. Não julgue, ajude. Essa é a face oculta da natureza humana: fraca e má. Somos salvos por Jesus. Ele nunca me decepcionou. Crente que é crente não se "desvia" com escândalo. Dá graças a Deus por estar de pé, quando tantos tem naufrado!


Um comentário:

Valfrido disse...

Magela. Foi frizado a questão do perdão. Há poucos dias meu filho errou gravemente e eu o esculachei, disse o que devia e o que não devia também. Hoje cara, recebi um e-mail dele reconhecendo que errou, pedindo desculpas e esperando que eu volte a confiar nele novamente. Poxa cara, nunca tinha sentido esse sentimento forte de perdão e de amor.
Deus o proteja e dê discernimento para perdoarmos sempre.
Grande abraço Magela e deus abençoe também sua família.

Receba mensagens desse blog no seu E-mail