Dez coisas que uma rapariga deseja ao se relacionar com um homem casado


Usei no título o termo "rapariga". Antes que algum fariseu me critique (eles não sabem fazer outra coisa que não invejar e caluniar!), declaro que nunca cogitei em usar outra expressão. Poderia ter usado outro, mais palatável, como: margiranha, rameira... Poderia ser técnico: prostituta, profissional do sexo! Ou bem bíblico: mulher estranha ou mulher adúltera. Todos bons termos, mas, como sou nordestino e "rapariga" é rico em significado e de fácil compreensão, fica "rapariga" mesmo. Além do mais, fariseu nunca foi bem vindo aqui. Entra de inxirido que é! Se eu pudesse, os expulsava a pontapés desse espaço livre das mordaças legalistas. Voltando... dez coisinhas que toda prostituta quer quando se relaciona sexualmente com um homem casado:

1. Destruir o casamento dele para poder ficar, em todo tempo, com ele.

2. Engravidar para poder enlaçá-lo para o resto da vida.

3. Torrar até o último centavo dele com luxos que a família original certamente nunca experimentou.

4. Ficar muito contente toda vez que produzir grande infelicidade na esposa do amante.

5. Mostrar a todos que é tão deliciosa que é capaz de endoidar até homem casado.


6. Destruir não só as finanças dele, mas destruir também sua alma.


7. Que o possível filho dela com ele seja muito mais bem tratado que os filhos dele com a esposa.


8. Emporcalhar o nome dele na praça, desmoralizando sua reputação.


9. Ter poder sobre ele como nem a mãe dele teve.


10. Por fim, ver o circo pegar fogo. Assistir de camarote a desgraça de mais um bobão que caiu em sua teia de sedução.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail