Decida ser feliz (Parte II)


No aniversário do Pastor Pedro preguei uma mensagem cujo tema era o titulo acima. Decida ser feliz, conclamei aos ouvintes que lotaram o templo da II Igreja Maranata - Ministério Surubim. Creio que tem muita gente decidindo pela infeliz. E obtendo sucesso! Mas, precisamos decidir pela felicidade. Pelol menos, morrer tentando. Depois do culto - e tambem no outro dia -, alguns irmãos vieram conversar comigo, gratos pela palavra que o Senhor pôs no meu coração. Não estou com o esboço perto de mim, mas quero compartilhar algumas recomendaçãos úteis caso você também queira deixar de "decidir pela infelicidade" e começar a ser senhor de seu destino. Decida ser feliz: 1) não permitindo que sua felicidade dependa de outros. As pessoas mais infelizes que conheço são aquelas que querem a aprovação alheia. Seja autosuficiente, por favor. Baste-se em Deus! 2) não se metendo em encrancas. Melhor: não peque. O primeiro estrago do pecado é lançar-nos no abismo e na dor. E é só o primeiro. 3) Nomeando e encarando seus traumas. Traga à luz, mesmo que seja a pontapés, todos os esqueletos que atormentam sua alma. Encare-os, enfrente e os derrote. Perdoe e perdoe-se, em nome de Jesus. 4) Viva a receita de felicidade do Senhor Jesus Cristo, conforme o Sermão do Monte. Leia e simplesmente viva Mateus 5. 3-11. 5) não tenha medo de ser infeliz. Diga aos gigantes que infernizam você que Davi já está procurando as cinco pedras no riacho! Diga a seus problemas que você não vai se render até destruí-los. E não desista! O mundo precisa saber que está lidando com um valente de Deus. 6) Tenha uma vida de bons propósitos. Sem rumo a gente não chega a lugar nenhum. No rumo errado a gente só chega onde não gostaria jamais de ter chegado. 7) ficando do lado da verdade. João Batista perdeu a cabeça, mas nunca perdeu a paz de espírito. 8) fazendo as pazes com o espelho. Acabe com essa besteira de ficar magra feito a atriz, bonito feito o galã, enxuto feito o craque da seleção. Nossa sociedade valoriza a estampa. Eu desprezo a aparência. Deus, muito mais que eu. Ame-se. Não dá para ser feliz quando a gente se detesta - por um motivo ou por outro. Ou por todos.

Um comentário:

Hugo Otávio disse...

Como é simples ser feliz! Em primeiro lugar porque em Cristo há abundância de alegria e felicidade plena! Em segundo lugar, porque atitudes pequenas como estas que nos revelam a possibilidade de vivermos demasiadamente felizes! Abração! Paz do Senhor!

Receba mensagens desse blog no seu E-mail