Para viver um grande amor


Só se relacione por amor.

Seja um parceiro(a), resolvido(a) emocionalmente.

Só para casados: não se reprima, libere-se sexualmente.

Aproveite, para valer, todos os prazeres do relacionamento a dois. Previna-se de tudo que mata o amor.

Nunca deixe de... namorar!

Pergunte-se: como posso surpreender meu cônjuge?

Não brinque com o sentimento de quem diz amar.

Por tudo, ame!

Toque, beije, cheire, alise.

Revele-se completamente a ela(e).

Aprecie o prazer de tomar um bom banho antes de...

Abandone a arte de ser estúpido(a).

Leia o livro de Cantares da Bíblia.

Passeie com seu cônjuge.

Não deixe seu pai, sua mãe, seus amigos ou quem quer que seja atrapalhar...

Não faça tempestade em copo dágua.

Faça cócegas nela(nele), de vez em quando.

Andem de mãos dadas.

Cuidado com a maldição do “amor” a outra(o).

Lembre-se como foi o início do romance de vocês.

Perdoe. Perdoe. Perdoe.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail