Eu nunca vou esquecer



Tem coisas que a gente não esquece. Umas, faço força para, mas não consigo. Outras, não esqueço de jeito nenhum - e me delicio quando me lembro delas . Eu nunca vou esquecer de quando, no fim da oitava série, joguei futebol com amigos e amigas do Colégio Marista Pio XII, numa segunda de segunda-feira de manhã. A gente tinha passado de ano, estávamos muito felizes e, bem, aquilo não era bem "futebol", mas foi bom à beça. Eu nunca vou esquecer do primeiro beijo que dei em Maria do Carmo. Tinha 17 anos. Uma eternidade de alguns segundos de ternura, conforto e prazer. Eu nunca vou me esquecer da primeira grande derrota "eclesiástica" da minha vida. Ainda me lembro da música, à capela, e das risadas infames que ouvi. "Isso não pode ser Evangelho, Jesus!", lembro de ter dito ao Senhor. E não era mesmo. Eu nunca vou esquecer do dia em que fui batizado com o Espírito Santo. Cheio do Senhor, senti que nada que aconteceu na minha vida foi em vão. Nunca vou me esquecer do dia de minha conversão, num ônibus, no Recife. Lágrimas grossas de paz e perdão vinham em borbotões, depois de sentir Deus recebendo mais um filho pródigo. Eu nunca vou esquecer da alegria de ter passado no concurso para a Celpe. Eu nunca vou esquecer da vez que dei a última "pisa" em Renata, miha filha número1. Eu nunca vou esuqecer da alegria de ter passado no vestibular de Matemática, na Faculdade Estadual de Nazaré da Mata. Eu nunca vou me esquecer da mulher murrendo de câncer que visitei. Nunca vou me esquecer da despedida de minha mãe antes de morrer. "Eu tem amo, Mamãe". Eu nunca vou me esquecer do dia em que o Senhor livrou minha alma da morte, me tirou de um lago horrível e me deu uma nova change. Eu nunca vou me esquecer do primeiro culto da Igreja Maranata - Ministério Surubim. A gente não tinha nada, somente a fidelidade de um Deus que não falha. Eu nunca vou me esquecer...

4 comentários:

edmundo disse...

Tambem nunca vou me esquecer pastor, que, Deus sempre vai ter profeta e gente boa de Deus pra nos consolar e confortar, com palavras que nos fazem tambem lembrar e nunca esquecer. Vai nessa fé e nesse fogo, varão valoroso.....OOOOHHHH GLORIA....

Adri-k Confecções disse...

Pastor Geraldo, muito obrigada pela pregação de domingo.
Desde Outubro, Nevembro e Dezembro de 2008, que suas pregações vem falando falando comigo, mas não tanto como a do dia 11 de janeiro.
Pois nesse dia fui muito abençoada e continuo sendo.
Um abraço e que DEUS te abençoe.

AURECI GOMES.

Hugo Otávio disse...

Glória a Deus!
Que Deus escreva mais história para Sua vida e o use conforme a Sua vontade!

Allyne Evellyn disse...

Realmente tudo em nossa história que tem uma grande carga emocional nos marca de tal forma que pode passar 20 anos mas ainda assim não esqueceremos.
Que você sempre traga a memória o que lhe dê esperança , mas quando as más recordações chegarem (pois elas sempre chegam em algum momento) é interessante lembrar o que Deus fez por nós e como nos livrou de coisas ruins.
Muito bom o texto!
:)

Receba mensagens desse blog no seu E-mail