Toma cuidado de ti mesmo, irmão!

"Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Continua nestes deveres, porque, fazendo assim, salvarás tanto a ti mesmo como aos teus ouvintes" - I Timóteo 4.16
Muita gente lê o texto “toma cuidado de ti mesmo” e entende “toma cuidado da vida do teu próximo”. E lá vai o xerife evangélico distribuindo bordoada a torto e a direito, cuidadondo da vida dos outros. O texto, entretanto, é tão claro que até uma criança de cinco anos entende: toma cuidado de ti mesmo! É cada um tomando cuidado da sua vida, zelando pela sua felicidade, atentando para si mesmo. Isso,a princípio, evita a Síndrome de Moisés. Tem muito crente intoxicado pela "vida dos outros". Moisés tomava conta da vida de todos os hebreus, quase três milhões de pessoas. Todas as demandas deles, Moisés queria resolver. Filas e filas se formavam para Moisés atender. Quando faltava água? Moiseeeeeeeés! Quando a comida era escassa? Moissssssés! Jetro foi o primeiro a alertar o genro: pare com isso! Deus chamou Moisés e acabou com a farra do homem-que-quebra-o-galho-de-todos: manda o povo cavar poços, a partir de agora, cada um peça água a Mim, o Provedor sou Eu! Nada de ficar pedindo tudo a ti, Moisés! Deus aqui sou Eu! Por tudo isso, toma cuidado de ti mesmo, meu irmão, minha irmã! Toma cuidado com o uso da tua língua. Toma cuidado com a inveja. Toma cuidado com os ardis do diabo! Toma cuidado com o dia da tua prestação de contas com o Senhor! Toma cuidado com os julgamentos precipitados! Toma cuidado com tua saúde! Toma cuidado da tua família! Toma cuidado com o que você pede a Deus em oração (Ele atender e voc~e se dar mal! Toma cuidado da tua espiritualidade! Chegou o dia da tua emancipação do “pastor”, da “corrente milagrosa”, do “irmão ungido”, das muletas tão comuns aos crentes modernos – toma cuidado de ti mesmo. Paulo disse que se a gente se julgasse não precisaria ser julgado por ninguém. Ele está certo. Cada um de ós dará contas de si mesmo a Deus - não ao próximo!

Um comentário:

Allyne Evellyn disse...

Pois é, tenho um professor que sempre diz: cada um cuide da sua vida, ninguém tem o direito de julgar o outro pois ambos somos imperfeitos!
Esse professor é um ateu de carteirinha mas ainda assim tem consciência de algo que muitos crentes precisam aprender: CADA UM CUIDE DA SUA VIDA, GUARDE O QUE É TEU, OLHE A TRAVE DO SEU OLHO!

Isso no entanto implica que eu não possa ajudar meu próximo, desde que ele me solicite e que não me faça mal, pois muitas vezes nos preocupamos tanto em "ajudar, cuidar e amar" os outros que esquecemos de nós mesmo...O mandamento diz: Ame ao seu próximo como a si mesmo.
Então primeiro preciso me amar, cuidar da minha vida, dos meus problemas e assim poder ter condições de ajudar o próximo dentro dos meus limites.

Conheço uma pessoa com a "síndrome de Moisés" e lamento muito pois seu que ela sofre bastante com a suas limitações (pois só Deus pra resolver os problemas de todos) e também ela sofre bastante com seus problemas pessoais.As intenções podem até ser boas, ajudar o próximo, mas as conseqüências são tristes!

Receba mensagens desse blog no seu E-mail