Dicas de como ficar rico


1. Trabalhe o máximo que puder. O caminho mais seguro para a prosperidade pessoal é o mais longo. O único lugar aonde a riqueza vem antes de trabalho é no dicionário, repetem à exaustão os especialistas.

2. Poupe o máximo que puder. Poupar é prevenção. À priori, ninguém deveria torrar todo seu salário, por menor que seja. O que é o Fundo de Garantia de Tempo de Serviço senão o governo fazendo o que a gente deveria fazer? Poupando para quando um possível tempo ruim chegar. No tempo das vacas gordas, o precipitado come até os bezerros. Já os prudentes, poupam. Nos inevitáveis invernos da vida, as formigas provam que estavam com a razão.

3. Invista o máximo que puder. Investir é um passo além de “ajuntar”. É fazer o dinheiro trabalhar para você. Consulte alguém experiente nesta área. Invista em imóveis comerciais, em ações de empresas sólidas, em um curso na sua área de atuação. Um bom investimento é um caminho rápido e seguro para a prosperidade pessoal.

4. Seja generoso o máximo que puder. Ser rico não deve ser um fim em si mesmo. Mas, um caminho, para a generosidade responsável. Dê presentes significativos a quem você ama. Não desperdice, mas se alimente, vista-se e viva confortavelmente. Poupar e investir sem ser generoso pode nos transformar em avarentos – o que é a antítese de uma vida de prosperidade.

5. Evite empréstimos o máximo que puder. Não existe empréstimo barato. No Brasil, os menores juros são abusivos. Se tiver que fazer um emprestimo, faça com parcimônia ou em casos de extrema necessidade, como financiamento da casa própria. É infinitamente melhor financiar que alugar um imóvel. Um detalhe: fuja de agiotas como quem tem medo de uma dengue hemorrágica. Pegar dinheiro de agiotagem é a última fronteira do inferno financeiro.

6. Viva bem o máximo que puder. Prosperidade não é somente dinheiro. Vai muito além. Trabalhar, poupar, investir são meios para viver uma vida sem stress, sobressaltos e ansiedade. Conhecer pessoas, ser gentio e terno, ler bons livros, assistir bons filmes, passear com a esposa, proporcionar o mínimo de conforto para os filhos, amar e servir ao Senhor... Isso é vida! Não adote o dinheiro como seu deus. Seja senhor dele.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail