"A fome é um incêndio frio..."


A revista Veja dessa semana, edição 2062, trouxe uma extensa reportagem sobre a questão da fome. Esclarecedora. Preocupante. Corajosa. “Vai ter para todo mundo? O preço dos alimentos disparou,e o aumento médio no mundo passa de 80%. A crise atual, a pior dos últimos trinta anos, é um grito de alerta sobre uma questão que pouca gente ousa discutir: o planeta mal consegue alimentar, 6,7 bilhões de bocas hoje. O que ocorrerá em 2050, quando seremos 9,2 bilhões de terráqueos? A comida será cara e rara como nunca”. Abaixo, como a fome afeta o ser humano:
1. Nas primeiras horas, a fome é um suave vazio no estômago, amenizado pela antecipação da saciedade. Corre-se até a cozinha, a lanchonete, o restaurante, ingere-se o necessário – e tudo volta à normalidade. Batimentos cardíacos, pressão arterial, estômago satisfeito. Ter fome e saciá-la é um prazer.
2. Nos primeiros dias, a fome come as forças. Os movimentos são lentos, água é fundamental. Não se dorme bem à noite, só se tem vontade de comer. Fica-se sentado, deitado. Quem levantar há que cuidar para não cair. Os níveis de colesterol e triglicérides estão altos. Os níveis de glicose e pressão estão baixos. Viver, respirar, até mesmo pensar é um fardo.
3. Nas primeiras semanas, a fome é um desespero que transformam o corpo no reino da doença e da dor. Não há mais energia nem para as funções básicas das células. Vem a visão dupla. O vômito de bílis esverdeada. Não se ouve direito. As pernas não se movem. Os braços doem. Os músculos, fracos, causam lesão no sistema nervoso. É a morte chegando.

2 comentários:

Annaraí disse...

Essa foto é realmente chocante!!! E infelizmente é essa a realidade de muitas pessoas não ter o alimento para sobreviver,céticos dizem: - Onde está Deus então?? como se a culpa fosse de Deus, o consumismo de uma sociedade capitalista que esgota os recursos naturais, o egoísmo, o desamor, desperdício é a razão disso tudo...
Afinal de contas dinheiro não se come!!!
Pastor aproveitando o momento gostaria q o Sr escrevesse a respeito do Cristão e as Obras, eu percebo como somos indiferentes com o sofrimento dos outros, devemos não apenas orar por essas pessoas, mas também agir no lugar onde estamos
Graça e Paz.

Railda disse...

Que estou fazendo se sou cristã, se Cristo deu-me o seu perdão.Há tanta gente sem lar, sem pão. Há criancinhas que vão morrer...
Aos poderosos eu vou pregar que a injustiça é contra Deus e a vil miséria insulta aos céus. Tudo é resultado de um capetalismo selvagem. Que Deus, pela sua infinita graça e misericórdia levante a sua Igreja para clamar e agir contra tudo isso. Eu quero estar entre os que se levantarem na força e no poder de Deus contra tudo o que mata e faz sofrer.

Receba mensagens desse blog no seu E-mail