Não deixe o medo te intimidar


Um pastor conversou com seu filho que também foi chamado por Deus para o ministério pastoral. Sabedor das tremendas oposições que todo aquele que é líder cristão tem de enfrentar, disse: Sente aqui, meu filho. Tenho algo muito importante para te dizer. Um dia, você poderá deparar-se com uma onça (ou um leão, ou um urso - ponha aqui o animal que mais te mete medo e é veloz). Você vai sentir medo, muito medo. Sentir medo é natural. Não tenha medo de sentir medo. Se der para correr, corra o mais rápido que puder. Fuja, meu filho, fuja. Caso haja uma árvore por perto, suba nela. Arranque um galho e tente defender-se: a onça tentará pegar você, mesmo empoleirado na árvore. Agora, se não der para correr nem subir numa árvore, por favor meu filho, domine o medo e parta para cima da onça! Fure os olhos dela com as unhas, morda a orelha dela, quebre a perna dela, cuspa no rosto dela... Deixe a onça perceber que você não é um moleque, é um homem de Deus! Morra como um homem, não como um covarde. Essa é a diferença entre grandes homens e homens pequenos. É sábio para fugir, correndo se for possível, de gente invejosa e maligna. É valente para permanecer firme - mesmo nos piores embates com gente hipócrita e cruel. Morra como homem e mulher de Deus, mas não dê a seu inimigo o privilégio de ver medo em seus olhos.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail