Manso como um cordeiro


Moisés foi conhecido pela sua mansidão. Mesmo diante das exigências de um povo mesquinho mantinha a cabeça no lugar. Certa vez, seus irmãos bateram forte nele com a língua por ter tomado uma mulher negra como mulher. Deus interveio para reafirmar a autoridade dele e o carinho que tinha por ele. Mas, Moisés mesmo, nunca abriu a boca, publicamente, para se defender das insinuações. Ser manso não é ser frouxo, nem covarde, nem silenciar diante do erro e do pecado. Ser manso é ser mais forte que os brabos. Os brabos, os explosivos, os que se iram fácil, os cabeças de fósforo são fracos. Não tem domínio-próprio. É melhor dominar a si mesmo que conquistar uma cidade! Saber calar é tão importante quanto falar na hora certa. Jesus disse que os mansos herdarão a terra. Os brutos morrem cedo. O acesso de ira os mata. Jesus, o Cordeiro de Deus, não abriu a boca quando o tosquearam no Calvário. Nós somos as ovelhas (não os bodes!) do Senhor. Bode dá marrada e berra. Ovelha sofre o dano, sem abrir a boca. O fruto do Espírito se constitui também de "mansidão" e "domínio próprio". Como ser manso?

1. Admita que acesso de fúria nunca resolve problema, agrava. A ira do homem não opera a justiça de Deus;

2. Exercite a prática de resolver o que pode ser resolvido e entregar ao Senhor o que só Ele pode resolver. Faça o seu melhor e deixe Deus ser o Deus, lançando sobre Ele toda vossa ansidedade;

3. Não se defenda nem defenda Deus! Seus amigos não precisam de sua defesa, seus inimigos não querem ouvi-la e Deus sabe lidar com fanfarrões, então cale-se!

4. Aprenda a sofrer o dano. Ninguém ganha todas, até os campeões perdem no caminho da vitória;

5. Creia: a maioria das coisas que nos exasperam, nunca acontecerá. Perguntaram a um senhor de 79 anos: O que roubava a sua alegria de viver? A resposta deixou todos aturdidos: Tudo que nunca aconteceu!! Pergunto: você se lembra do que te deixava furioso há 2 anos? O velhinho tem razão. A maioria das nossas "preocupações" são só isso mesmo: pre-ocupação!

Um comentário:

Allyne Evellyn disse...

Muito bom esse texto....
Parabéns pastor Geraldo pela SABEDORIA COMO TRATA OS TEMAS!

Receba mensagens desse blog no seu E-mail