Sobre namoro (somente para os moços)


Quero compartilhar três dicas com os rapazes sobre como, na prática, começar um relacionemento amoroso. Mas, esses conselhos serão somente para quem já é maduro para namorar - repito: somente para quem já tem maturidade. Para quem é meninão, vive no mundo da lua ou somente quer namorar porque "todo mundo tá namorando", páre de ler aqui e vá ler outros textos do site. A conversa agora é somente para crente que sabe o que quer e está inseguro de que não vai brincar com os sentimentos de nenhuma moça.


Dica de número 1: se você gosta de uma moça diga isso a ela imediatamente. Deixe de ficar "cercando o lourenço", mandando torpedo, suando frio, amando por "telepatia" - todo mundo sabe, menos ela, dos seus sentimentos. Senão, outro chega na frente e tu fica a ficar a ver navio. A pior tragédia que pode acontecer é ela responder não! Até hoje, "não" não matou ninguém.


Dica número 2: se você gosta de uma moça, declarou isso, e ela não quer namorar você, respeite a decisão dela. Quem fica com raiva quando é rejeitado e comenta que a moça é "chata" ou "esnobe" deixa claro 2 coisinhas: primeiro, não sabe perder; segundo, é mimado demais.


Dica número 3: tenha respeito pelo futuro sogro e sogra, mas não assombro, a ponto de impedir você de seguir a dica de número 1. Eles já namoraram e só querem o bem da filha deles. Quando eles se opõe ao namoro, das duas uma: I) ou eles têm outros planos para a filha ou II) sinceramente, amadureça e tente apareçer depois!

Um comentário:

Anônimo disse...

Geraldo, lí o texto atentamente e comecei a refletir sobre o relacionamento de meus filhos. Já os tenho rapaz e moças e seus conselhos deverão ser considerados, embora, para eles, um tanto retógrados.
Continuo lendo seu site, e acredite, mesmo que não façam comentários, está ajudando muita gente na ascensão espiritual.

Valfrido

Receba mensagens desse blog no seu E-mail