Antes de se desviar, pense!


A expressão "se desviar" significa deixar de ser crente, deixar de servir ao Senhor, deixar de congregar com os irmãos, deixar de ser evangélico. Para mim, se desviar significa abandonar a fé cristã evangélica para crer nos dogmas de uma religião ou seita ou, na maioria dos casos, abraçar o ateismo ou o agnosticismo. Os crentes de desviam por vários motivos. Por exemplo, os jovens se desviam por causa do legalismo, da hipocrisia ou da dureza dos pais evangélicos. Ou por que os hormônios gritam por sexo e luxúria. Ou porque, influenciáveis, tiveram sua fé posta sob fogo. Ou porque deram poco ou nenhum valor à espiritualidade, deixando de se congregar como verdadeiro filho ou filha de Deus. O problema nunca é a queda. É a aterrisagem. Satanás não dá moleza quando a gente amolece. O desviado pode ser abusado, atacado, destruído, arruinado pelo diabo. A felicidade está no Senhor. Fora do Evangelho, como enfrentar as tempestades da vida, os ataques do Inimigo, o problema da morte e do inferno? Instado a se desviar, Pedro respondeu: "Para quem iremos nós, Senhor? Tu tens as Palavras de vida eterna, e nós temos visto e conhecido que tu és o Filho de Deus". Antes de se desviar, pense: ir para onde e para quem? Só Jesus tem as palavras de vida eterna. Se sua situação é de dor, a solução não é se desviar. É se refugiar mais intensamente nos braços do Pai.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail