A salvação de nossos filhos


Um dos maiores temores dos pais evangélicos é sobre a salvação de seus filhos. Todos queremos ir para o céu, mas acompanhado de nossa família. O mundo de hoje deixa os pais aturdidos. São tantas maldades novas, tantas novidades do inferno que chegamos a ser pessimistas com o futuro de nossos filhos. A gama de preocupação começa quando nossos filhos nascem: tem 5 dedos em cada mão? Vai pela vida afora: ele saiu de bicicleta, quando volta? E chega ao paroxismo quando pensamos no casamento deles: será que ele (o namorado) é confiável? Quando fico pensando sobre o futuro de meus filhos não posso impedir o sentimento de tristeza. Tenho pena deles, nesse mundo falso e ilusório. Mas, volto a ser confiante quando me lembro de Noé. Foi pai de três filhos numa época pior que a da gente. Apesar disso, todos três embarcaram na Arca, trazendo as respectivas noras. Noé, que andava com Deus, que era obediente ao Senhor, influenciou positivamente seus filhos. A gente pode fazer o mesmo. Noé dá as dicas, com sua vida e com sua amizade com o Snehor.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail