Aos que desistiram do Caminho


Os fariseus os chamam de “desviados”. Outros, de “afastados”. Mais alguns, de “caídos”. Eles simplesmente desistiram de seguirem a Jesus. Optaram por sair da igreja evangélica a que pertenciam, apresentando vários motivos. Alguns válidos, pois foram abusados pela liderança. Outros, foram se afastando do convívio da igreja por causa do pecado, de mágoas não resolvidas, de ataques de um temperamento não controlado pelo Espírito. Aos que desistiram do Caminho, com amor, peço que considerem a decisão de voltar para o Reino de Deus (claro que não necessariamente para sua ex-igreja). Mas, considere voltar para os braços do Pai. Você é o filho pródigo, Ele perscruta o horizonte em busca do menor sinal de que você está de volta. Dizem que não tem mais jeito para você? É mentira do diabo. Sete vezes cairá o justo e das sete o Senhor o levantará. Você não precisa ficar prostrado. Deus está com a mão estendida, tal qual quando Jesus levantou a adúltera, contrariando o desejo dos fariseus que era a farra do apedrejamento. Ainda que caia não ficará prostrado!, profetiza a palavra. Pense com o coração: você está feliz? Ainda hoje retorne. Não precisa virar pastor na semana seguinte para dizer que voltou! Deixe de ser idiota. Basta voltar devagar, de leve, por amor a Senhor (jamais por devoção à instituição) e com a convicção que andar com Deus é melhor que andar longe de Deus. Desista de ter desistido do Evangelho. Não ser crente é infinitamente pior.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail