Deus tem os seus xodós


Deus tem os seus favoritos. Noé andava com Deus, Deus o tinha como “amigo”. Daniel foi chamado pelo Anjo Gabriel de “homem muito amado” no céu. Em Ezequiel, Deus deixa claro que Noé, Daniel e Jó eram três homens especiais para Ele. Na Galeria dos Heróis da Fé há uma lista de homens e mulheres especialmente queridos do Senhor. Mas, na segunda parte, são elencados os homens e as mulheres dos quais o mundo não era digno, o grupo de elite do Senhor. Maria foi vista como bem-aventurada entre as mulheres de sua época. E, no batismo de Jesus, os presentes ouviram: “Este é o meu filho amado, a Ele ouvi!” Deus escolheu doze discípulos entre centenas. E dos doze, parece que três eram mais chegados. Só um tinha tanta amor ao Senhor que inclinava a cabeça no seio do Mestre. João foi chamado “o discípulo a quem o Senhor ama”. A curiosidade que tenho é: qual a marca comum a esses homens incomuns? Todos, sem exceção, sofreram muito por amor a Deus. Amados por Deus, foram implacavelmente hostilizados pelo mundo. Deus tem os seus favoritos. São especiais por que amam ao Senhor de forma especial. Eu também queria ouvir do Senhor: “Geraldo, especial para mim”. Nunca ouvi essa frase, mas já senti o amor de Deus me envolvendo inúmeras vezes. Uma mulher de Deus, profeta de verdade, que não sabia o que como estava acontecendo, me disse: “O Senhor te ama muito!”. Talvez, você, atolado sob uma espessa crosta de baixoestima não perceba, mas ainda assim faz da tropa de elite de Deus. Talvez você faça parte do grupo seleto de amigos de Deus. Certificar-se disso é fácil. Você ama a Deus na riqueza ou na pobreza, na saúde ou na doença, no sucesso ou no fracasso – até que a morte os una? Deus também tem os seus favoritos. Talvez você seja um deles e não saiba.

Um comentário:

Hugo disse...

Pastor, no culto aqui em Recife foi falado também dos xodós de Deus... hehehe...
Ele é fiel hein?
Paz do Senhor!

Receba mensagens desse blog no seu E-mail