Quando Deus entra na fornalha com a gente


Lendo Daniel 3, sobre os companheiros de Daniel no forno de fogo ardente, comecei a pensar sobre as fornalhas da vida. De vez em quando, a gente passa por ardentes provas. A gente pode passar pelas provas da vida com Deus ou sem Deus, já que não nos é facultado "não passar" pelas caieiras da vida. Sofrer, infelizmente, não é opcional. Mas, sofrer com, graças a Deus é. Resta-nos saber quando a gente pode contar com Deus nas fornalhas da vida. Na verdade, como seria bom se a gente soubesse quando Deus vem passar pelas laberedas das aflições com a gente. Creio que, se as provas são inevitáveis, ter a certeza que o Senhor pessoalmente vem nos assistir é reconfortante. Até mesmo estimulante. O Senhor nos assiste nas fornalhas quando somos seletivos em nossas amizades. Sadraque, Mesaque e Abede-nego adoravam o mesmo Deus juntos, permaneceram leais ao Senhor juntos e foram arremeçados amarrados juntos na fornalha. Amizade é isso aí! O Senhor nos assiste nas provas quando não nos rendemos ao culto equivocado da maioria. O Senhor nos assiste nas fornalhas quando temos uma fé autêntica. Se o Senhor nos abençoar, glória a Deus! Se o Senhor nos deixar torrar, glória a Deus do mesmo jeito!

O Senhor nos assisti nas provas quando somos alvo de sórdidas fofocas. Todo fofoqueiro, filho do diabo, gosta de ver o circo pegar fogo. Se não fossem eles, os companheiros de Daniel não teriam sido jogodas na boca de caieira. O Senhor nos assisti nas fornalhas da vida quando somos alvo de uma tremenda injustiça. Toda a máquina real contra três jovens hebreus? Covardia. Quando uma covardia está em curso, pode ter certeza: Deus está do lado do mais fraco.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail