A vida é dura


Viver não é fácil. A vida é dura. E, o que é pior: a vida, muitas vezes, é injusta. Sem nenhum pingo de medo de contrariar a Teologia do Sucesso, posso afirmar: ninguém vive sem passar pelo Dia mal, sem enfrentar oposições, sem viver calamidades, todo o tempo com os olhos enxutos. Que mensagem pessimista!, pastor, você pode estar questionando. Vença a tentação de parar de ler. Creio que esta é uma das mensagens mais libertadoras desse blog. Quanto mais cedo a gente admitir que viver não é brincadeira, mais efetivamente a gente vai valorizar o dom da vida. Desafio quem quer que seja a provar o contrário: a vida não é fácil, tampouco é justa. João Batista, profeta, foi decapitado a mando de uma ímpia. Tiago, pastor, foi morto ao fio da espada por um governo tirano. Jesus findou seus dias na terra... crucificado! Muitos homens e mulheres de Deus tiveram vidas foram implacavelmente njustiçados. Facilidade na terra? Só na cabeça dos alienados. A vida, mesmo sendo dura – e, de muitas maneiras, injusta - é um extraordinário dom de Deus. Sendo assim, sugiro que você desfrute o bem e o bom que a vida lhe reservar, que você chore com intensidade quando sofrer e que você cultive o gosto de enfrentar problemas. O mundo não vai dar mole para você. Por isso, diante de enfermidades, tribulações, tentações, quedas, sobressaltos e até na hora de sua morte, seja valente como Jó, o patriarca José, Maria, Paulo, Silas... A vida é dura e é injusta, mas não impede a felicidade de quem é osso duro de roer. A vida é dura. Somente peço que mostre a ela que você não é mole.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail