A formidável soberba


Ah, a soberba. Nada melhor que a soberba para produzir tantas gafes. Li, há vinte anos, uma ilustração formidável sobre o resultado do orgulho. Esta semana, me contaram de um candidato que disse, somente lendo o gabarito, que passaria em primeiro lugar num determinado concurso. Estava radiente de tanta pabulagem. Quando o resultado saiu, a decepção acabou sendo maior que a soberba. O orgulho é uma porcaria. Leia que história deliciosa:

Um navio, em alto mar, se depara, de repente, com um luz que se insinuava em sua direção. O capitão, de imediato, enviou uma mensagem: - Favor alterar seu curso 15 graus para norte para evitar a colisão com nossa embarcação. A resposta veio prontamente:- Recomendo mudar o SEU curso 15 graus para sul. O capitão irritou-se:- Aqui é o capitão de um GRANDE NAVIO. Repito, mude o SEU curso. Mas o OUTRO insistiu:- Não. Mude o SEU curso! A situação foi se agravando. O capitão berrou ao microfone:- Eu sou um capitão! A resposta chegou: Pois, eu sou um marujo aposentado! O capitão se exaspepou: ESTE É UM NAVIO DE GRANDE PORTE. EU EXIJO QUE VOCÊS MUDEM SEU CURSO 15 GRAUS PARA NORTE. UM, CINCO, GRAUS NORTE, OU ENTÃO SERÁ DE SUA RESPONSABILIDA O WURVAI ACONTECER. E o outro respondeu:- Aqui é DE um farol, câmbio! Estou em cima de um farol, VOCE está vindo de encontro a uma ilha! Todas as vezes que se insinua, nossa arrogância nos cega.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail