Dez decisões que todos teremos que tomar na vida


Eu não pude decidir muitas coisas na minha vida. Deus decidiu por mim - e, enquanto escrevo, do ponto visto de hoje, não estou ressentido com Ele. Eu não pude decidir o sexo que teria, onde nascer, quando nascer, a cor da minha pele, a cor dos meus olhos, a cor dos meus cabelos, a situação econômica de meus pais (nem meus pais escolhi), o país onde nascer, a altura que teria aos 41 anos... e por aí vai. Tudo, até aqui, na esfera da soberania de Deus. Entretanto, o Soberano, me deu livre arbítrio para escolher outras tantas coisas em minha vida. Por exemplo, eu escolho a minha cor preferida, assistir determinado filme, ler aquele livro, freqüentar o A.A., ter um animal de estimação, com quem casar... e por aí vai. Eu não decidi muitas coisas em minha vida. Mas, tenho todos os dias, tomado decisões supérfluas, importantes ou essenciais, que podem melhor minha vida ou arruiná-la completamente. Assim é comigo, assim é com você. Você não pôde escolher o tamanho do seu nariz, mas vai ter de tomar conta do seu nariz! Veja algumas decisões que você e eu teremos de tomar na vida, que não podem ser deixadas ao deus-dará. 1. Eu serei feliz ou serei mais um infeliz? 2. Eu serei um vencedor ou serei uma decepção para mim e para os que me amam? 3. Eu serei crente ou serei um incrédulo? 4. Eu serei dono do meu destino ou viverei a agenda que "outros" têm para mim? 5. Eu serei amigo Deus ou amigo do mundo? 6. Eu serei usado por Deus ou serei um mamulengo do diabo? 7. Eu serei um instrumento de bênçãos ou um veículo de sofrimento para os outros? 8. Eu serei um filho de Deus ou continuarei sendo um filho do diabo? 9. Eu me alistarei no exército de Deus ou encerrerarei fileiras no Exército das trevas? e 10. Eu direi "não" ao pecado ou não oporei resistência quando tentado?

Um comentário:

Allyne Evellyn disse...

Em tempos difíceis como hoje precisamos cada vez mais do verdadeiro otimismo que é a confiança no amor e na providência do Senhor! Esperar no Senhor é o melhor remédio para o pessimismo!

Receba mensagens desse blog no seu E-mail