Quando amar faz mal


Amar faz mal quando quem se ama só ama a si mesmo.
Amar faz mal quando amamos quem nos detesta.
Amar faz mal quando, apaixonados, somos submetidos a maus-tratos.
Amar faz mal quando só faz bem ao outro.
Amar faz mal quando toleramos um estranho na relação.
Amar faz mal quando o amor é disfuncional.
Amar faz mal quando somos o canalha de nosso relacionamento.
Amar faz mal quando quem amamos é um vampiro.
Amar faz mal quando quem amamos é um terrorista.
Amar faz mal quando só tem graça para o cônjuge.
Amar faz mal quando somente os filhos nos mantêm juntos.
Amar faz mal quando a vida passou a ser um inferno em vida depois que a paixão nasceu.
Amar faz mal quando “vampirizamos” quem alegamos amar.
Amar faz mal quando a relação arruína psicologicamente os filhos.

Um comentário:

Allyne Evellyn disse...

Pastor o senhor leu esse livro:

http://www.escala.com.br/detalhe.asp?anu=907&orgm=5068&id=8698&grupo=64&cat=302

Bem, se não leu pelo menos o ti´tulo tem tudo haver!

Receba mensagens desse blog no seu E-mail