O alto preço da incredulidade


Crentes incrédulos, além de ser uma contradição de termos, é uma das mais tristes realidades do atual estágio da igreja evangélica brasileira. Sinceramente, nunca vi tantos crentes incrédulos. Acredito que a descrença em nosso meio se deve a falta de puder de alguns púlpitos de prometerem o que Deus nunca mandou prometer e fazer o que a Bíblia repudia como prática pagã. Há uma multidão de crentes que não creêm mais em nada devido às falsas manifestações atribuídas ao Espírito, devido às promessas de enriquecimento rápido que redundaram em mais miséria e devido ao silêncio quase covarde dos verdadeiros profetas de Deus que, por temor da polêmica, preferem reclamar em particular ao invés de clamar em público. Entre tantas coisas mais, a incredulidade impede Jesus Cristo de operar maravilhas em nossas vidas(como impediu Jesus de fazer muitos milagres na terra onde nasceu, devido a falta de fé de seus conterrâneos). A incredulidade faz as portas do inferno prevalecer contra a igreja. Quantas igrejas vencidas, derrotadas, falidas, sem unção e sem graça, devido a falta de fé no poder de Deus de salvar, libertar, curar e batizar com o Espírito Santo.A incredulidade impede a gente de ver a glória de Deus. Marta, Jesus disse, se creres verás a glória de Deus ressiscitando teu irmão! Se crer, vai ver, porque sem fé é impossível agradar a Deus! Por causa da incredulidade Pedro afundou feito chumbo, ao tirar os olhos de Jesus e olhar para as circuntâncias do vento, da chuva, das águas revoltas, da tempestade! Por causa da incredulidade a gente participa de cultos em absoluto silêncio, incapaz de dar um gloria a Deus com emoção e graça. O estudo teológico sobre Deus nos fez perder a emoção de amar a Deus. Por causa da incredulidade, somos alvos fáceis das ações do diabo e dos demônios. Por cuasa da incredulidade, a igreja evangélica brasileira está de joelhos. Profetizo que você vai se levantar, em fé, a partir de hoje. Creia no poder e no amor de Deus por você! Não é à-toa que Jesus disse a Tomé: não seja incrédulo, mas crente!

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail