Eles não sabem nem o porquê, nem o para quê?


Não sei exatamente o porquê, mas sei o para quê
Por que Deus chamou Abrão para ser pai de uma grande nação? Por que Deus escolheu Davi para ser o mais vistoso rei de Israel? Por que Deus escolheu Maria para ser mãe do Salvador? Por que Deus escolheu Paulo para ser o apóstolo dos gentios? Os mais religiosos se apressam em afirmar que Deus encontrou virtudes nos eleitos. Deus só os chamou porque os achou ética, metal e espiritualmente melhor que os demais. Não acho essa explicação plausível. Creio que tinha gente mais inteligente que Noé, mais espiritual que Jonas e mais moralmente apresentável que Raabe – só para ficar em alguns exemplos de pessoas que foram usadas por Deus. O que dizer de Deus usar Ciro e Nabucodonossor, gente que nunca converteu ao Senhor – muito embora, usado pelo Senhor para circunstancialmente abençoar o povo de Deus? Eu creio que o Senhor chama quem quer, somente pelo uso de sua Soberana Vontade. Não depende do homem, depende só de Deus. Inclusive, Ele reparte os dons como lhe apraz. Não é o homem quem exige ou pede, é Deus quem capacita. Quanto aos motivos para o Senhor chamar quem chamou, o quadro da análise melhora. Deus chamou Eliseu para suceder Elias que, por sua vez, foi chamado para ser profeta num tempo difícil. Deus chamou João para ser discípulo e morrer pregando a Vida que só Jesus podia oferecer. Dá para ver o “para quê” depois de a gente não entender o “porquê”. Com o Senhor é assim: Ele é o Oleiro, a gente só o barro. Ele é o Soberano, a gente só os instrumentos. Por isso, dê glória a Deus pelos seus dons, talentos, vocação. Ele escolheu você, apesar de você!

Um comentário:

Allyne Evellyn disse...

Muitas vezes não só o porque mas também o para que não está claro, simplesmente n entendemos o propósito de Deus com algumas situações, com algumas bençãos que nos são negadas, com a morte...Entre outras situações.
Durante o início do meu curso de psicologia passei por um período de questionamentos, queria entender o porque de tudo, evento normal entre a maioria dos psicólogos de raiz humanística-filosófica.Nesse período de questionamentos pude redimensionar a minha crença, construir uma base mais madura e essa base está pautada basicamente na fé sobrenatural pois percebi que nem tudo poderia compreender o porque e que em algum momento o para que deixa de ser essencial pois podemos simplesmente ser!
Ser filhos de Deus, confiar no Seu amor e descansar em seus braços, pois precisamos disso!

Receba mensagens desse blog no seu E-mail