Crentes Ôba! e crentes Êpa!


Um dos artigos de Diogo Mainardi fala da classificação da humanidade proposta por Ivan Lessa. Para ele, podemos ser divididos entre os homens e mulheres Oba! e os homens e mulheres Êpa! Gostaria de aplicar a fórmula seara evangélica. Os crentes Ôba! Ôba! são crentes ameninados, imaturos, que vivem do emocionalismo e do show. São os crentes Ôba! que torram uma fortuna comprando os produtos gospel, vivem de louvorsão e são totalmente imcapazes de discernir uma profecia verdadeira de uma picaretagem. Dizem Ôba! para tudo que vem acompanhado de línguas estranhas ou de estranhas línguas. Ôba!, achei uma igreja de poder! Ôba!, senti um arrepio na espinha! Ôba!, Cassiane vem aí! Os crentes Ôba! não são chegados a uma escola dominical, sentem vertigem quando há silêncio no culto e emudecem quando a mensagem fere sua meninice espiritual. Já os crentes Êpa! são mais centrados no Evangelho, têm faro fino para heresia, não se deixam levar por profetadas e andam pela consciência - não pelas emoções. Êpa!, preciso amar mais minha esposa e família! Êpa!, deixa eu perdoar antes que essa raiz vira uma árvore de amargura! Êpa!, a salvação é pela graça - não pela tamanho da oferta nem pela obediência aos ritos da denominação! Êpa!, me ajoelhar e adorar uma estátua? Tô fora! Êpa!, me inclua fora da vida do irmão, por favor! Sinceramente, você é da turma do Ôba! Ôba! ou do Êpa!?

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail