Ela não é sua amiga, mande-a embora!


"O que guarda a sua boca e a sua língua, guarda dasangústias a sua alma" (Provérbios 21:23).Eu não tenho respeito algum pela justiça. Sou capaz demutilar sem matar. Estou sempre quebrando corações earruinando vidas. Eu sou esperta e maliciosa. Eu mefortaleço com o tempo. Quanto mais sou citada, mais me tornoforte. Eu floresço em todos os níveis da sociedade. Minhasvítimas ficam impotentes. Ninguém pode se proteger de mimporque não tenho rosto. Seria impossível perseguir-me.Quanto mais alguém tenta ser duro comigo mais eu me tornoenganosa. Eu não sou amiga de ninguém. Uma vez que manchouma reputação, nunca mais será a mesma. Chamam-me de fofoca.Como é conhecida a personagem de nossa ilustração. Elaparece estar em todos os lugares, invadindo casas, semeandotristezas, destruindo sonhos, atraindo maldição.Muitas vezes a convidamos para entrar em nossas casas, sernossa hóspede constante, moldar nossas atitudes, fechar asjanelas de bênçãos do céu para nossos corações.Ela entra por nossas portas e a alegria se despede.Ela não é feliz - e nem pretende ser. Ela tem prazer emafligir suas vítimas, em fazer ruir lares e esperanças, emsepultar sorrisos. Ela é um veneno para seus alvos e tambémpara quem lhe hospeda.Nós que somos cristãos e amamos a Deus e ao nosso próximodevemos barrar sempre sua entrada. Não a queremos e nemaceitamos seus métodos. A nossa boca deve estar pronta afalar o bem, a pregar a paz e a salvação, a levar vida eesperança, a abençoar e jamais maldizer. Quem tem Cristo nocoração não pode cair na armadilha da fofoca. Ela é amiga dodiabo e porta-voz do inferno.Se você algum dia a recebeu como amiga, mande-a embora,diga-lhe que não a quer mais, que ela é indesejada e que oSalvador Jesus, seu verdadeiro Amigo, lhe ensinou que suaspalavras devem sempre edificar e jamais destruir.
P. Barbosa (enviado por e-mail pelo querido Hugo Moura)

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail