Os 10 hábitos das pessoas inúteis




Ninguém nasce inútil. Ninguém quer ser inútil. Fomos criados todos, até os animais, com propósitos. Nada deve existir à-toa. Infelizmente, a inutilidade está em toda parte, quer seja na política, no esporte, na arte, na educação, até na religião. Creio que deixamos de ser úteis e produtivos por abraçarmos alguns hábitos negativos, que listo abaixo, na intenção de detectar indícios que podem conduzir a uma vida infrutífera. Boa leitura! E, por favor, para o seu bem, desabitue-se dessas atitudes, caso os perceba em sua vida, ainda hoje mesmo.

1. O inútil definitivamente não se importa. Tô nem aí, se tirei nota medíocre na prova de química, nem ligo se fui mal avaliado no concurso, não me importo em ser uma nulidade, não me incomodo em competir com os piores... Ele deixa como está para ver como vai ficar. O lema: deixa a vida me levar! Não quero saber quem morreu, eu quero é chorar! Justificam sua falta de iniciativa com o clichê: nasci nu e ando vestido! Tô na vantagem! Mudança não é com inútil. Melhorar ou se aprimorar não faz parte de seu cardápio pessoal.
2.O inútil nem prospera no que gosta, nem gosta do que faz. Conheço empresários que prosperam por que amam o que fazem e outros porque aprenderam a gostar do que fazem. O inútil não é atraído nem por uma coisa nem por outra.
3. Inúteis não aproveitam as oportunidades que a vida oferece. Nossa vida é feita de decisões. Fracasso e vitória dependem da natureza de nossas escolhas. O inútil não sabe reconhecer quando a vida lhe sorri, olham o bonde das boas novas se distanciando com um sorriso amarelo de imbecil. Depois creditam ao azar, ao destino e á ambição de outros o viverem suas vidinhas miseráveis.
4. Todo inútil anda na companhia de pessoas igualmente inúteis. Mamãe dizia: ande com quem presta e você ficará melhor que eles, ande com quem não presta e você ficará pior que eles. O inútil não tem amigos, tem companheiro de tragédia.
5. Todo inútil não sonha ou é medíocre quando conseguem. Escondem sua falta de iniciativa e ausência de vitórias sob a capa da falsa modéstia e da vã humildade. O inútil não pensa em melhorar de vida, fica contente somente em não piorar.
6. Todo inútil sempre desiste antes de começar. É especialista em “nem começar”! Ou quando começa, já entra nas batalhas da vida vergonhosamente derrotado.
7. Todo inútil tem pelo menos um vício de estimação. Pode ser álcool, jogos de azar, drogas, fofoca, vídeo-game, nove dez, etc.
8. Todo inútil tem o mau hábito da preguiça. Lembro uma música de Tim Maia: Ora bolas, não me amole, com esse papo de emprego! Não tá vendo, não tô nessa, porque o que eu quero é sossego! O que eu quero – sossego! Eu só quero – sossego!” O problema é que preguiça não traz sossego – traz miséria, vergonha e aperreio... nunca sossego!
9. Todo inútil deixa sempre para depois o que tem que fazer ontem! O prudente faz hoje o que poderia fazer amanhã para quando o amanhã chegar já estar de posse de vitória. Para quê estudar? Antecipar pagamentos? Precaver-se? Preparar-se? Amanhã eu resolvo, diz o procrastinador. O destino ri, reservando para ele um futuro tedioso, amargo ou cruel.
10. Todo inútil prefere descansar ou se divertir a efetuar o mais simples dos trabalhos. Um sinal clássico de inutilidade na vida é murmurar de todo e qualquer esforço que lhe demande um mínimo de atenção.

Se você ficou chocado com o que leu, me dou por satisfeito. O texto foi escrito para mexer com seus brios, mesmo! Por que não fazer sua vida valer a pena? Por que passar a vida em brancas nuvens, desperdiçando tempo? Talvez já seja muito tarde para alguns mudarem de vida, contudo não é para quem tem um pouco de vergonha. Somos uma geração que ouve música inútil, interpretada por bandas inúteis, que diverte gente tão inútil quanto. Lemos livros inúteis (isso quando lemos alguma coisa!), jogamos conversa fora, debatemos até a exaustão futebol, novelas e a última fofoca da cidade. Chegou a hora de começar a pensar com profundidade e viver com um mínimo de valor. Ou mudamos de vida ou escreverão sobre nossa lápide: mais um que desperdiçou o valioso dom da vida.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail