O Deus que eu conheço...


... não quebra nem desmancha quando cai no chão.
... é fiel a mim (eu sei que eu não mereço).
... sempre me socorre (quando clamo por seu nome numa oração).
... é todo-poderoso. Abre o mar com o sopro, acalma profeta com o sopro, entra na fornalha e não se queima nem deixa queimar quem lhe é fiel, conta o Universo a palmos, chama todas as estrelas pelo nome e nenhum delas falta, eticetera.
... ainda que pareça que esquecerá, no tempo que escolheu, me levantará.
... faz o inimigo tremer. Os demônios tremem diante Dele.
... não conhece fracasso. Nunca perdeu em questão.
... me conhece no íntimo. Não se impressiona com nossas performances.
... não me deixa órfão quando peco. O pai do filho pródigo continuou pai mesmo depois do filho se tornar pródigo.
... me ama com amor eterno.
... não conhece nenhum outro Deus igual a Ele.
... não conhece nada impossível.
... não se esquece quando a lembrança é a meu favor e não se lembra quando a memória é contra mim.
... fez complô para me salvar.
... é Santo, Santo e Santo, mas não tem nojo de mim.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail