Abrindo o jogo sobre sexo


Compartilho onze verdades sobre sexo que os "religiosos" tentam esconder da gente. O que será lido abaixo tem base bíblica sólida que só os fariseus e pudicos não admitem. Leia e veja seu casamento ser revigorado nesta área tão importante para a manutenção de sua afetividade e de sua saúde emocional.

1. Quem criou o sexo foi Deus. Ele inventou essa maravilha mesmo antes da Queda. Se não houvesse pecado, desde sempre haveria prazer sexual.

2. Quem perverteu o sexo foi o diabo e a humanidade. Todas as formas de perversão, tais como pederastia, pedofilia, zoofilia, sexo com cadáveres, homoerotismo, até algumas formas de celibato e clausura, foram deturpações do projeto original de Deus.

3. O propósito do sexo é gerar conforto e prazer para o casal. A procriação não é o principal propósito do casal. Essa é uma das tantas falácias da religião quando o assunto é sexo.

4. Sexo só é plenamente saudável quando é gerado em amor. Sexo sem amor torna a relação um objeto. É pecado. Sexo feito com amor torna ambos melhores, afirmam os especialistas. Por isso, o ambiente bom para o sexo é o matrimônio.

5. O prazer da mulher deveria estar em seduzir o homem; o prazer do homem deveria estar em dar prazer à mulher. As mulheres precisam com urgência saber o que dá prazer a seus maridos - e atendê-lo! Os homens deveriam com urgência propiciar orgasmo e êxtase a suas mulheres - deveriam ter prazer de vê-la tendo prazer!

6. O corpo da mulher pertence ao marido; o corpo do marido pertence à mulher. Aprecie com o tato e o paladar cada centímetro quadrado do corpo de seu cônjuge. Ele é todo seu - foi isso que Paulo disse ao escrever aos Romanos.

7. Nunca poupe seu cônjuge de novas experiências. Leia Cantares, pelo amor de Deus! Salomão e a Sulamita faziam sexo em muitos lugares diferentes e de formas variadas e excitantes.

8. Todas os distúrbios sexuais devem ser sanados com a máxima urgência. Procure especialistas e trate ejaculação precoce, disfunção erétil, dores na penetração, sentimento de culpa, falta de libido... Não permita que nem mais uma semana a benção do sexo não seja desfrutada em todo o seu potencial.

9. Na cama tudo é lícito, desde que não haja abuso nem violência. Quando os amantes consentem e extraem das relações prazer, esse é um leito viçoso e fértil. Quando um dos cônjuges se sente "objeto" ou "estuprado", essa cama virou lugar de iniqüidade. Tem que haver amor e prazer para que o sexo seja bênção. Fora disso, é injusto e cruel.

10. Use sexo até na velhice. Antigamente, 50 anos era a idade limite. "Vou cuidar dos netos", diziam. "Deixo para os mais jovens, meu tempo passou", lamentavam outros. Ese tempo passou, graças a Deus. A mulher pode ser atraente até a morte. Os homens podem contar com Viagra e congêneres. A vida é bela e o amor é eterno!

11. Sexo não é só ejaculação e orgasmo. Vai além. Ou melhor, vai muito além, antes! Obtenha o máximo de prazer em despir seu parceiro, em beijar, tocar, usar a língua, os dedos, a voz, a boca, a fala... não tenha pressa, dê e receba muito prazer antes do sublime prazer.

Um comentário:

Railda disse...

Pastor Geraldo, seu nome é coragem. Tratar este assunto tão escancaradamente como o senhor o faz é certamente capacidade de um homem muito ousado, que a igreja tanto necessita. Parabéns.

Receba mensagens desse blog no seu E-mail