Quanto mais preciso de Jesus, mais terno Ele se apresenta


Li o texto abaixo quando era adolescente. De vez em quando me lembro dele. Apesar de meio mundo já ter ouvido ou lido esta poesia, gostaria de compartilhá-la com você. Fiz apenas algumas alterações, somente para ficar mais fácil o entendimento. Meu desejo é que a leitura a seguir faça muito bem à sua alma:
“Uma noite eu tive um sonho. Sonhei que estava andando na praia com o Senhor e, acima de nós, nos céus, passavam cenas da minha vida. Para cada cena que passava, percebi que eram deixados dois pares de pegadas na areia: um meu e o outro do Senhor. Quando a última cena passou diante de nós, olhei para trás, para as pegadas na areia e notei que muitas vezes, no caminho da minha vida, havia apenas um par de pegadas. Notei também que isso aconteceu nos momentos mais difíceis de minha vida. Fiquei perturbado e perguntei: - Senhor, Tu me disseste que, uma vez que decidido a ser teu discípulo, Tu andarias sempre comigo. Não te deixarei, nem te abandonarei, dissesse! Notei, entretanto, que durante as maiores tribulações da minha vida, havia apenas um par de pegadas na areia. Não compreendo porque nas horas em que eu mais necessitava de Ti, me deixaste sozinho! O Senhor me respondeu: - Filho amado, Jamais te abandonei! Nunca te deixei, principalmente nas horas de prova e de sofrimento. Quando viste, na areia, apenas um par de pegadas, eram as minhas! Você não podia andar, eu te carreguei nos meus braços!”

Um comentário:

Allyne Evellyn disse...

esse título e essa história tão conhecida nada mais prova do que a Graça e a missericódia de Deus pai!
Uma benção seu site!

Receba mensagens desse blog no seu E-mail