O preço de um homem


Uma secretária foi "cantada" pelo chefe: te dou vinte mil reais para dormir comigo. Tentou agredí-lo, mas ele segurou sua mão. Pense bem, amanhã você responde. Ela pensou e topou. Marcaram o final de semana para o encontro. Quando ela entrou no carro para irem passar o final de semana juntos, ele disse: vou te dar dez mil reais. Ela ficou irada. Mas foi. No quarto do hotel, ele ofertou cinco mil reais pelo sexo. Ela resistiu. Mas cedeu. Quando ela tirou a roupa, ele disse: vou te dar mil reais. Ela explodiu: quem você pensa que eu sou? Ele respondeu: Quem você é, já sei. Só estou negociando o preço. Quando eu tinha vinte e cinco anos, e era um simples professor de Escola Bíblica, um representante de uma das maiores denominações do Brasil me propos: Venha ser pastor de nossa igreja. O salário é excelente. A proposta era tentadora. Recusei sem titubear. Nunca me arrependi. O amor ao dinheiro é a raiz de todos os males. A soberba (sede de poder) precede a ruína. Jesus pagou um alto preço por sua vida. Preço de sangue, o Dele! Ouvi que quem se vende, sempre se vende por mais que vale. Dizem que todo homem tem um preço. Pode até ser verdade para a maioria de nós. Mas tem homens e mulheres que fogem à regra - não se vendem por nada nesse mundo. Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares, propôs o diabo a Jesus, de pois de oferecer todos os reinos do mundo, e a glória deles. Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás. Tenho nojo de quem se vende. Mas, de quem se vende barato, tenho é pena.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail