Duas Caras


Perdoe seus inimigos. Quando tiver fome, dê-lhe de comer. Quando tiver sede, dê-lhe de beber. Mas, não confunda inimigo com amigo. Na Galeria dos Inimigos da Fé cintila Herodes. Ele recebeu a visita dos magos do Oriente perguntando onde havia nascido o Messias. Com hipocrisia, após consultar seus conselheiros, indicou Belém. Pediu que fosse informado do paradeiro do menino, pois também queria adorá-Lo. Iria até Jesus para levar presentes e glorificar a Deus. Tudo muito lindo. Que mundo maravilhoso, não? Deixe de ser ingênuo. O que ardia no coração do rei era o desejo de matar o Rei! Deus interveio: voltem para casa por outro caminho, Herodes é Duas Caras, é Lobo vestido de ovelha, é dissimulado. Com efeito, Herodes, frustrado em seu ardil, mandou chacinar todas as crianças do sexo masculino de 2 anos para baixo na tentativa de eliminar Jesus, a quem jurou aos magos amar. José e Maria foram orientados a manter distância de Herodes. Eles foram morar no Egito até o rei bonzinho morrer. Perdoe, mas não queira intimidade com inimigos. Até Deus mantém distância deles. Jesus nunca fez concessão a Herodes, a Pilatos, a Judas Iscariotes, aos saduceus, aos escribas, aos fariseus, aos soldados que o crucificaram. Perdoou, mas nunca os chamou para comer peixe frito às margens do Mar da Galileia. Esse privilégio é somente para os amigos.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail