QUANDO AS LÍNGUAS ESTRANHAS CAUSAM ESTRANHEZA

É maravilhoso quando as línguas estranhas acontecem, natural e sobrenaturalmente, num  culto. A Igreja se alegre, muitos buscam mais de Deus, alguns podem na mesma hora serem batizados com o Espírito Santo. As línguas estranhas são maravilhas de Deus na terra. Isso, quando quem as pronuncia é gente boa de Deus. O que causa estranheza nas línguas estranhas é quando elas são pronunciadas por gente rebelde, em grave pecado. Nada mais desconfortável que ver crentes soberbos, orgulhosos, até mesmo falsos profetas, falando em línguas. Como algém cheio de maldades pode estar cheio de Deus? Por causa desses, os inimigos das línguas estranhas detonam a doutrina do Espírito Santo. Quem fala em línguas deve tomar cuidado para andar como Jesus andou. Não consta que Judas falou e línguas. Não se diz que Barrabás foi cheio do Espírito Santo. Conheço gente má, maligna, invejosa, preconceituosa, farisaica que dá até horas em línguas estranhas. Esse tipo de crente presta um desserviço ao Espírito Santo. Também causa estranheza gente que até então estava desviada e, de repente, fala em linguas. Será que querem dizer que ficaram santas instantaneamente? Alguns arrependimentos devem acontecer em total silêncio. Línguas estranhas não combinam com falsidade. É melhor se quebrantar primeiro e, só depois, ser cheio do Espírito.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail