O último exorcismo

O último exorcismo é um filme com pouco mais de uma hora. Filmado como se fosse um documentário, o filme retrata a vida de um pastor charlatão que resolve fazer um exorcismo para provar que demônios não existem. Ele não crê em Deus. Nem acredita que o diabo exista. Fala das religiões como se fosse um ateu. Mas, ao tentar exorcizar uma menina se depara com um demônio poderosissimo. O filme, uma pérola, foi recomendado pela revista Veja como um grande filme. E é. Vale a pena assistir para ver como um ateu lida com forças malignas. Melhor, como um falso pastor lida com Satanás. O filme, que tem um final arrebatador, é uma aula de como produzir, dirigir e confeccionar um trabalho que desmascara os aproveitadores da fé, reverencia a verdade do Evangelho e revela toda malignidade das seitas satânicas. Um alerta, contudo: não assista o filme sozinho ou sozinha, à noite. Se você tem medo de suspense (suspense, não terror), será melhor ver o trabalho do diretor Daniel Stamm à tarde, com alguns amigos, sem brincadeiras ou comilança de pipoca. O filme é bom, merece ser apreciado com sensibilidade. Mas, não é um prato para fracos. Somente para quem gosta de conhecer a verdade - e às vezes ser chocado por ela.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail