Pastores que gostam de coisas

É lamentável como existem pastores que gostam de "coisas". Na verdade amam "coisas". Mas, não suportam ou detestam gente. Conheço pastores que adoram títulos, honrarias, adoração. Reclamamos da filosofia de vida papal, que é uma negação de tudo que Jesus ensinou, mas quem pode negar a existência dos incontáveis "papas" pastorais? Há pastores que adoram carros de luxo. Para esses, essa é prova do seu sucesso ministérial! Inclusive se defendem alegando que Jesus andava de jumentinho zero quilômetro, que era o equivalente, naquele tempo, a uma BMW!!! Para esses, Jesus era o Bill Gates de Cafarnanum. Há pastores que adoram dinheiro. Outros adoram o poder. Alguns há que adoram os dois. A maioria se veste de forma empolada, se amostram diante das pessoas pela posição que ocupam na "instituição". Fazem questão do paletó até debaixo de um sol de 40 graus.  Como gostam de se destacar: não pelo carárter, mas pela aparência. Ah, ia me esquecendo: exista quem adora a "instituição". A instituição é mais importante que o Evangelho. Preservemos a instituição, relativizemos a Palavra de Deus! Nos últimos tempos, piorou: muitos líderes desprepados, que não gosta de ler a Bíblia, nem outro livro qualquer, sem visão de Deus nem dos tempos, sem amor pelas almas, amantes de si mesmos. Não é "venha o Teu Reino". É "seja feita a minha vontade". Que o Senhor levante mais e mais pastores segundo o coração Dele! Não me admira que as pessoas contem os dedos depois de apertarem a mão da maioria dos pastores. O que estamos assistindo na televisão nunca é PREGAÇÃO DO EVANGELHO. No mínimo, como tirar dinheiro em NOME DO EVANGELHO.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail