Kadafi já vai tarde, mas olha a mente de quem vem aí para aterrorizar!

Com a palavra, Xeque Yusuf Al Qaradawi, líder da Irmandade Muçulman:
"Foi com enorme pesar que ouvi o grande imã de Meca dizer ser proibido matar civís mesmo em Israel".
"Pode até haver algumas mulheres que não concordem em apanhar do marido e vejam a punição como humilhação. Muitas mulheres, porém, gostam de apanhar e consideram adequado que o marido bata nelas para fazê-las sofrer".
"O plano do estado muçulmano é se expandir até cobrir a terra".
"A obediência e a cooperação da mulher são um direito do homem. À mulher é proibido se rebelar contra a autoridade masculina".
"A circuncição feminina (mutilação genital) não é obrigatória, mas os pais devem submeter suas filhas a ela se quiserem. Pessoalmente, sou favorável a isso". 
Pobre povo árabe, submetidos qause sempre a ditadores sanguinários, psicopatas e covardes. Parece até que eles gostam de sofrer. Que o Senhor os abençoe, que o Senhor tenha misericórdia de suas esposas, mães e filhas.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail