O fundo do poço

"Pastor, estou no fundo do poço!" Ouço muito essa expressão. Significa que as pessoas chegaram numa situação limite de vergonha, sofrimento e esgotamento das forças. Para mim, o fundo do poço é o melhor lugar para a maioria de nós chegar: não dá pra descer mais, é o lugar de solidão, onde poucos chegam para socorrer, onde a pessoa tem tempo para fazer uma retrospectiva serena sobre os rumos que sua vida tomou. Rumo de morte, rumo à morte. Conheço muita gente que mudou de vida depois - e somente depois - que chegaram no fundo do poço. Antes, eram insolentes, grossas, estúpidas, ingratas. O fundo do poço curou o Filho Pródigo. Salvou a alma de Pedro e Sansão. Foi o fundo do poço que mudou a vida de Manassés, o rei mais iníquo e maligno que o povo de Deus teve. Graças a Deus pelo fundo do poço! Significa que ainda há esperança de sair do buraco. Significa que, fora escoriações, ainda dá para salvar o essencial: a alma! Eu já estive algumas vezes no fundo do poço. Sei o que é estar sozinho, ferido e magoado. Sei o potencial de maldades que um inimigo é capaz de fazer quando estamos numa posição de inferioridade. Mas, graças a Deus, Deus me tirou de lá, na hora certa, no tempo certo. Como Ele foi gracioso com José do Egito e com Daniel, foi comigo, e, creia, será com você. Você não nasceu para morar no buraco. Não tente sair sem ajuda, nem precisa: Deus mesmo quer restaurar a sua vida. Estenda as mãos para cima, o tempo do resgate chegou.   

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail