Conselhos para uma oração pública decente


1. Não critique a Igreja, o pastor ou os irmãos quando estiver orando. Você está falando com Deus, não entregando os irmãos.

2. Não queira impressionar pela quantidade de palavras difíceis ou expressões rebuscadas. As pessoas poderam pensar que você está se amostrando.

3. Não pregue a Palavra. O pastor fará isso melhor, na EBD ou no Culto de Adoraçao no domingo à noite. Fale com Deus, meu irmão, minha irmã, simplesmente fale com Deus!

4. Não fique se repetindo o tempo todo. Se naõ tiver mais o que dizer, termine a oração. Repetição é copisa de pagão.

5. Cuidado para ficar refém de uma reza. Tem quem ore e todos sabem como ele vai começar e como vai terminar.

6. Não seja apressado, nem fale sem emoção. Você está diante do Senhor dos Senhores, portanto derrame seu coração em Sua Bendita Presença sem pressa e com total liberdade emocional.

7. Seja você mesmo. Páre de orar como o pregador que você "adora" ou o cantor que você "é fã".

8. Leve todas as pessoas ao Senhor - inclusive você. Não seja egoista.

9. Quando falar em pecados cometidos pela comunidade, inclua-se! Mesmo que você seja puro como um copo de leite, diga como Isaias: Eu habito no meio de um povo de lábios impuros e sou um homem de impuros lábios".

10. Evite auto elogios na oração pública, bem como línguas estranhas para enaltecer a si mesmo. A soberba na oração é coisa de fariseu.

Um comentário:

Edilene disse...

Paz do Senhor!Pastor te agradeço pelos seus ensinamentos cheios de sabedoria e com muita simplicidade nos ensina a andar como gente boa de Deus, é assim q o diz tenho aprendido muito com o senhor como tbm me fortalecendo na fé.O senhor é de verdade um profeta de Deus nos dias atuais.Deus o abençoe cada dia mais junto a sua família.

Receba mensagens desse blog no seu E-mail