DEUS É BOM*


Há muito tempo, num reino distante, havia um Rei que não acreditava na bondade de Deus. Tinha, porém, um súdito que sempre lhe lembrava dessa verdade. Em todas situações dizia:
-- Meu Rei, Deus é bom! Um dia, o Rei saiu para caçar juntamente com seu súdito e uma fera da floresta atacou o Rei. O súdito conseguiu matar o animal, porém não evitou que sua Majestade perdesse o dedo mínimo da mão direita. O Rei, furioso pelo que havia acontecido, e cego de ódio e frustração, perguntou:
-- E agora, o que você me diz: Deus é bom? Se Deus fosse bom eu não teria sido atacado e não teria perdido o meu dedo.

O servo respondeu:
-- Meu Rei, apesar de todas essas coisas, somente posso afirmar: Deus é bom!

O Rei, indignado com a resposta, mandou que seu servo fosse preso na cela mais escura e mais fétida do calabouço - e que ficasse a pãe e água para aprender a deixar de ser besta.
Após algum tempo, o Rei saiu novamente para caçar e aconteceu dele ser atacado por uma tribo de selvagens canibais.
Mal prenderam o Rei, passaram a preparar, cheios de alegria, o ritual do sacrifício. Quando já estava tudo pronto, e o Rei já estava diante do altar, o sacerdote ao examinar a vitima, observou, furioso:
-- Este homem não pode ser sacrificado, TEM DEFEITO! .......Falta um dedo nele!"
E o Rei foi liberto, sem mais ser molestado. Ao voltar para o palácio, muito alegre e aliviado, mandou libertar seu empregado. Abraçou-o afetuosamente e disse:
-- Deus é bom! Você já deve estar sabendo que escapei da morte justamente porque não tinha um dos dedos... Mas, chegue aqui, ainda tenho uma grande duvida: Se Deus é bom, por que permitiu que você fosse preso da maneira como foi, torturado e quase morto nesses ultimos dias? ....Logo você, que tanto o defendeu!? O servo sorriu e disse:
-- Deus é bom! Deus é bom - pulou de alegria o servo - Meu Rei, se eu estivesse junto contigo na caçada, certamente EU teria sido morto, pois não me falta dedo nenhum, veja!

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail