A santidade dos fariseus


Quando a gente ouve falar de santidade, vem logo à mente a idéia e ascetismo, radicalismo, grossura, chatice, cafonice, inflexibilidade, suplício, renúncia a felicidade. Para muitos, quanto mais quadrado mais santo é o homem ou a mulher "de Deus". Eles amam a doutrina da santidade mais que a santidade da doutrina. Quero compartilhar com vocês como é a santidade dos religiosos. Como um fariseu expressa o que acha ser santidade. Lendo as páginas do Novo Testamento, percebe-se claramente que a santidade dos fariseus era: 1) uma santidade cheia de preconceitos. Quem não fosse escriba, fariseu, saduceu era logo taxado de filho de belzebu. Nem Jesus escapou da linguaça deles! 2) uma santidade com cheiro de mofo. A idéia de santidade dos fariseus era o desejo de voltar ao passado. Não ao princípio da Palavra, mas à caduquice dos usos e costumes de outrora. Quanto mais antiquado se é, mais santo se pensa que é. "Antigamente não era assim" é uma das expressões que os fariseus mais usam. 3) uma santidade com sede de sangue. Todos os santos religiosos gostam de sangue, são vampiros e se parecem muito com Lampião. Queriam ver a mulher a mulher apedrejada até a morte, foram os principais causadores da crucificação de Jesus, ainda hoje gostam de ferir com a língua, deixar os verdadeiros filhos da Graça sangrando em praça pública. O negócio deles é a morte. Nunca a vida. 4) uma santidade sem santidade. Hipócritas, falavam que eram guardiões a Palavra quando, na verdade, eram piores que os delinqüentes que transitavam em Jerusalém. Nunca se viu tanto orgulho vestido de humildade, tanta inveja vestida de zelo pela verdade, tanta malignidade dentro do Templo. 5) uma santidade sem nervos, sem sensibilidade. Nenhuma lágrima pelo miserável, nenhuma alegria por ver Jesus libertando as pessoas, nenhum prazer na vida com Deus. Cascas grossas. Inflexiveis. Eles são capazes de, pelo amor a doutrina da igreja deles, expulsar uma filha de casa, amaldiçoar um filho, mandar matar um irmão! 6) uma santidade surda a voz do Senhor. Os fariseus fizeram tudo que o diabo soprava em seus ouvidos. Mas, com excessão de Nicodemus e José de Arimatéia (tenho minhas dúvidas sobre a conversão deles), nenhum deles enxergou Jesus como o Filho de Deus. Nem sequer queriam ouvir a voz do Senhor. Gritaram "crucifica-o", cada vez mais alto, para fazer calar a voz do Salvador. A santidade dos fariseus capta a voz do diabo nitidamente - e o que é pior, obedecem-no tin-tim por tin-tim. 7) uma santidade que pode ser medida pela aparência. Os fariseus gostavam de parecer santos. Por isso, se vestiam a caráter. le se descuidam dos princípios da Palavra, mas jamais se descuidavam de parecer homens da Palavra. Termino com uma frase clichê: as aparências enganam. Não resisto a escrever outra: quem vê cara não vê coração. Ou, nas palavras de Jesus: Ai de vós, fariseus hipócritas, sepulcros caiados!

Um comentário:

Renan Silva disse...

Deus derrame seu amor sobre você!
Sem o amor de Deus não somos nada!

Vende tudo o que você possui!

Esmolar dinheiro para quê, Se Deus te sustenta? Crianças passando fome, morrendo por vícios e doenças, e você preocupado em pedir mais dinheiro? Para quê casa de luxo, carro de luxo? Enquanto seu irmão morre de fome? Pregar a prosperidade para uma pessoa só? Se todo o dinheiro arrecadado fosse para evangelizar em favela não existiria mais o trafico de drogas!
Ame a seu irmão... De que adianta pregar a prosperidade, ser rico, pedir mais e mais dinheiro para uma obra morta, para uma obra que não agrada a Jesus?
Evangelizar é trazer a palavra de Deus para as pessoas que não a conhecem!
Que palavra de Deus você leva para alguém? Jesus nos ensina que devemos largar tudo e seguir Ele... Se Ele viesse pela primeira vez hoje, você largaria tudo?
Quem sustenta o profeta é Deus e não o povo! Diz-me um profeta que esmolou riquezas?
Elias, Deus milagrosamente o alimentou... Jonas ficou três dias dentro de um animal marinho, Ezequiel 4:12-15 teve que comer pão assado no esterco humano ( Bovino )... Jesus pregava de cidade em cidade... O maior bem de um profeta esta no céu... Não viemos para seguir as leis dos homens. Não devemos cair na corrupção, não devemos vender a palavra de Deus! Não devemos esmolar riquezas, pois quem nos veste é Deus! Seria melhor você nunca ter tocado nos dízimos de ninguém, pois não há ninguém na terra digno de receber as ofertas para Deus! Seria melhor você pregar que o dizimo era para ser dado aos necessitados ! Se todo o dizimista do Brasil ajudasse algum necessitado... Garanto-te que muita coisa no pais iria mudar!
Que Deus toque no seu coração, e te acorde... E que Deus te fale que o tempo esta próximo, o tempo que riquezas, dinheiro, igreja prospera de bens não leva ninguém a nada !
E sim, chegou o tempo de vender tudo o que temos e dar aos pobres, chegou o tempo de pregar de boca em boca... Chegou o tempo de andar de chinelos e não de ternos! O profeta tem que sofrer o que o povo sofre, se não ele não é um profeta digno! De que adianta colocar uma pessoa rica para pregar a palavra de Deus! Se a palavra de Deus é para os humildes! Seria uma contradição! É tempo de ser humilde, é tempo de levar a palavra de Deus a serio! Chegou o tempo de parar de brincar de ser profeta e ser profeta de verdade! Ser um martire do povo!
Lembre de " Amós 6 " leia com mais atenção o versiculo 6 e 7 !!!
A palavra de Deus não é para ser vendida! Lembre-se também de "Mateus 21:12"
" Mateus10:9" " Mateus 6:19" " Mateus6:24,25" " Mateus 7:15-20" " 2 Samuel 2:22"
Que Jesus volte logo... E que o seu espírito mostre a verdadeira verdade em quando ainda há tempo...

Receba mensagens desse blog no seu E-mail