O que fazer quando estiver perdido?


Fui assistir "O estranho caso de Benjamim Button" no cinema em Recife. Na volta para Surubim, perto das seis horas da noite, me perdi. Ninguém nunca se perde só. Quem estava comigo também ficou zanzando por quase uma hora até a gente "se orientar" e voltar para casa. A Bíblia fala de gente perdida. Diz que há condutor cegos guiando... cego! Também da lavra de Jesus: Nas trevas, a gente vive tateando, tropeçando, batendo a canela, caindo... perdido! O que eu gostaria de compartilhar é o que fazer quando a gente está perdido. Talvez o mais difícil na vida seja admitir o quanto desorientados estamos. Perdido em ruas, ruelas, de noite, sem saber onde é o norte - e sem ter qualquer outro tipo de referência -, ou a gente declara "estou perdido" ou a gente se perde mais ainda. Quando você se sentir perdido, páre. Não avance mais no desconhecido a dentro. É muito perigoso permanecer no erro. Quando você se sentir perdido, peça ajuda. Não a qualquer um. Mas, a alguém realmente confiável. Encontrei a saída perguntando a alguns irmãos que estavam indo para o culto. Quando você se sentir perdido, siga as instruções confiáveis. Leia as placas, obedeça a sinalização, não saia das avenidas seguras. E, por fim, quando estiver perdido, tenha paciência. Ninguém conserta um erro com uma carga extra de estresse. Mas, com paciência e esperança. Estou aqui, digitando. Esta é a maior prova de que estive perdido e fui achado. Se você se esforçar só um pouquinho, dá para ouvir o burburinho da grande festa na casa do Pai pelo meu retorno.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail