Como nosso Deus é?


Jesus disse a Felipe que quem vê Ele, vê o Pai. Para quem quer saber como é Deus, basta olhar para como era Jesus nos Evangelhos. Sendo assim, Jesus que é Deus conosco, é como Deus se revela a humanidade. Eu sempre tive curiosidade de saber como Deus é. Os religiosos informam que Deus é como Bin Laden, um Terrorista Cósmico que, a qualquer momento, pode nos explodir. Alguns crêem em Deus como um Papai Noel ectoplasmático. Bonachão, bobão, a distribuir presentes a crianças mimadas e exigentes. Outros ainda, acreditam num deus menor, portátil, sujeito à erosão. A gente carrega esse deus no bolso e ele pode ter a cara de qualquer um dos zilhões de ídolos criados pela arte e imaginação dos homens. Mas, Como Deus é? Olhando para Jesus, nos Evangelhos, a gente pode ver que Deus é SIMPLES. Jesus nasceu num lar simples, viveu uma vida singular de simplicidade, convivia bem com gente simples. Deus é HUMILDE. Impossível alguém mais humilde que Jesus de Nazaré. Faz milagres e não toca trombeta. É filho de Deus, mas vive como fiolho do homem. Deus é MEIGO. Meigo é carinhoso. Tratava bem as crianças, abençoando-as. Andava por toda parte, fazendo o bem, expulsando demônios e curando a todos. Deus é MISERICORDIOSO. Para mim, o melhor lugar para jogar um pecador ou uma pecadora é... aos pés de Jesus. Aos pés dos fariseus, prepare-se para ser apedrejado, difamado, agredido, insultado, caluniado. Em Cristo, achamos perdão e vida. Deus é AMOR. Jesus amou o mundo de tal maneira que deu sua vida em resgate da nossa. Nem nos conhecia e nos amava como se íntimos fôssemos. Deus é SENSÍVEL. Jesus chorou a recusa em Jerusalém se arrepender. Lamentou até às lágrimas o sofrimento das pessoas de sua época. Chorou quando visitou o túmulo de Lázaro. Olhava com atenção o lírio, o pardal, as pessoas. Nosso Deus é sensível. Deus é TODO-PODEROSO. Jesus andou sobre... as águas do mar da Galiléia! Repreendeu uma tempestade. Venceu até a morte! Deu vista a cegos, curou toda sorte de enfermidades. Satanás beijou a lona sucessivas vezes nos embates que teve com Ele. Enfim, Deus é JUSTO. “Quem dentre vós me convence de pecado?” Ninguém deu um pio. Tratou as mulheres com justiça. Tratou os fariseus como eles mereciam. Ninguém conseguiu corromper o ideal do Mestre. Ele era – e é – justo! Se você quiser saber como Deus realmente é não pergunte a ninguém. Consulte você mesmo a vida de Jesus nos Evangelhos. Você vai se surpreender, se emocionar e amar quem o Pai é no Filho.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail