Retrospectiva 2008, do diabo


O diabo teve um bom ano. Como foi bom para ele 2007, 2006, 2005... Quase tudo parece estar como o diabo gosta. Veja como 2008 foi um ano auspicioso para Satanás:
1. Em 2008, tivemos eleições municipais. Resultado para a igreja? Alguns pastores venderam a alma a "ele". Até alguns candidatos crentes se desviaram, depois que as urnas revelaram que eles não eram o que pensavam ser. Nunca se comprou tantos pastores por tão pouco. Nunca tantos crentes adoraram a criatura ao invés do Criador. Lastimável. E ai do pastor que ousasse dizer que esses adoradores de homens estavam equivocados!
2. Em 2008, recrusdesceu a adoração aos ídolos. Tem gente que adora até roseta de inox, levantada por uma aste! Retrocedemos de forma assustadora à Idade das Trevas.
3. Em 2008, aumentou o contingente dos que aderiram ao "espiritualismo". Agora, esse exército descrê da Bíblia, afirma que inferno não existe, que Jesus casou com Maria Madalena, que tudo pode desde que se faça o bem, que o Código Da Vinci é um livraço, que o Evangelho de Jesus precisa ser revisto...
4. Em 2008, o mundo quase quebrou. Uma crise financeira mundial quebrou bancos, grandes empresas, causou demissões em massa, atingiu fortemente a vida de todos os moradores do planeta. Não seria esse o cenário apropriado para o surgimento do Anticristo? Ele "resolve tudo" e vira o relações públicas do diabo na terra?
5. Em 2008, o nível da maldade humana foi à estratosfera. Pai e amante jogando menina de cinco anos do sexto andar, gente graúda pega roubando dinheiro da Saúde, autoridades - inclusive religiosas - mentindo descaradamente na televisão, o número de divórcio aumentando, terroristas explodindo a cabeça de gente inocente com uma AR-15... Quanta infelicidade! De fato, um bom ano para a prática do mal.
6. Em 2008, nunca se imitou tanto o Evangelho. 2008 foi, sem dúvida, o ano do evangelho sem Evangelho. Cantaram muita música gospel, pregaram feito pastor, utilizaram até os métodos da Igreja Universal do Reino de Deus para ensinar tudo... contra o Reino de Deus. Ao invés de se converterem, emulam a Igreja Verdadeira. Algumas reuniões só tem o esmalte de Evangelho. A essência delas é manipulação, engano, engodo, expropriação, heresia e apostasia. Nunca se falou tanto no jesus que não é o Jesus que os verdadeiros cristãos conhecem. E o povo lá, sem querer, pedindo: "Crucifica-o, crucifica-o! Queremos é Barrabás!"
7. Em 2008, muitos irmãos "se desviaram". Muitos irmãos pegaram o atalho ou simplesmente dessistiram da caminhada em 2008. Ouvi de um pastor que deixou o ministério e a família para tentar viver um grande amor com outra mulher. Soldados tombaram no campo de batalha, irmãos fracos foram seduzidos pelas trevas. Tenho pena deles e peço sincera oraçõa por eles. A pior coisa que pode acontecer com um crente não é a morte. É a morte espiritual.
O que vou dizer é triste, mas é verdade: a Humanidade prefere mesmo é Satanás.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail