Auto-ajuda, ajuda do próximo e ajuda do alto


Alguns irmãos, mais espirituais - ou não! – parecem detestar o seguimento de auto-ajuda. Quando escrevo ou transcrevo algo que é claramente auto-ajuda corro o risco de ser mal-interpretado. Auto-ajuda é a negação do Evangelho! Auto-ajuda é coisa da Nova Era! Auto-ajuda maligna! Auto-ajuda é humanista! Auto-ajuda é panteísta! Auto-ajuda exclui Deus! É verdade, a literatura de auto-ajuda tem sido muito usada por ateus, humanistas, espiritualistas e espíritas. Para mim, entretanto, a auto-ajuda só não ajuda quando a única ajuda é a auto-ajuda. Auto-ajuda, por definição, é a tentativa de se ajudar. No caso, a ajuda vem da gente mesmo. Que mal há em tentar se ajudar? É melhor tentar se ajudar que viver mendigando ajuda de estranhos. O problema é quando a auto-ajuda chega no seu limite. Há um limite em se auto-ajudar. Ninguém consegue se auto-salvar (os fariseus são adeptos da auto-ajuda e não sabem! Eles pensam que podem se salvar e vivem criticando quem gosta de auto-ajuda...). Ninguém consegue vencer o diabo na base de auto-ajuda. Nenhum leopardo consegue mudar a cor da pele. Por isso, precisamos mais da ajuda do alto. Quando não consigo me levantar, o Senhor me levanta. O Senhor me amou. O Senhor me salvou. O Senhor me deu verdadeira paz. A literatura de auto-ajuda é como um televisor. Se mal utilizada, vira meio de abestalhamento do ser. Quando bem utilizada, meio de amadurecimento. Li e detestei “O Segredo”. Mas, fui alimentado quando li “O poder da paciência”. Deus fez e faz o impossível na minha vida. E eu sou grato demais por tudo que vem do Alto. Mas, isso não impede que eu peça ajuda a alguém ou tente me ajudar em determinadas áreas da vida. Quem sofre de baixa-estima, quem sofre de insegurança, quem tem tendências a depressão deve buscar ajuda em si, ao redor e no Alto. Ninguém critica a mulher do fluxo de sangue por ter buscado primeiro ajuda médica, antes de ter usado a fé em Cristo Jesus para ser curada. Não sou adepto do evangelho da auto-ajuda. Mas, também, não sou adpto adepto de ajuda nenhuma que não seja do Alto.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail