Rede de corrupção




Um dos filmes mais perturbadores que assisti este ano é Nação Fast Food - Rede de Corrupção. O filme mostra o criador de um sanduíche que se tornou um grande sucesso de vendas. Ao descobrir que a carne pode estar contaminada, ele precisa investigar a denúncia e vai examinar, bem de pertinho, o açougue de onde vem a carne que tornou o seu sanduíche um sucesso de vendas. Dirigido por Richard Linklater e com um elenco de primeira (Greg Kinnear, Ethan Hawke, Bruce Willis, Kris Kristofferson, Patricia Arquette, Luis Guzmán e Catalina Sandino Moreno), o filme é de uma crueza que há muito não se vê no cinema. Muito além que diversão, Nação Fast Food revela o que se passa nos bastidores de um capitalismo selvagem, maligno, quando o poder público não intervém para regular a usura e a ganância. Além dessa análise macro, faz outros questionamentos não menos importantes, como trabalho clandestino, abuso de poder, poder do dinheiro e a decisão nem sempre fácil sobre denunciar ou não um crime. Um filme para ser assistido e debatido, que constrange e arrebata, mas que não deve jamais ser descartado como "apenas diversão". Sem dúvida, um filme de gente grande.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail