UM LIVRAÇO

ESTOU LENDO "GOLDA", DA JORNALISTA ELINOR BURKETT. UMA EXTRAORDINÁRIA BIOGRAFIA DA PRIMEIRA MULHER DA HISTÓRIA CONTEMPORÂNEA A LIDERAR UMA NAÇÃO - ISRAEL. POR TRÁS DA APARÊNCIA DE UMA VOVÓ GENTIL E CANSADA ESTÁ UMA MULHER DE VONTADE DE AÇO E UM DESEJO OBSTINADO DE ARRUMAR UM TERRITÓRIO PARA UMA NAÇÃO QUE FOI - E AINDA É - DURA E IMPLACAVELMENTE PERSEGUIDA POR QUASE TODOS OS POVOS DA TERRA. O LIVRO NÃO ESCONDE, E SE O ESCONDESSE EU NÃO O LERIA COM TENACIDADE, TODAS AS VIRTUDES E TODOS OS DEFEITOS DA ESTADISTA QUE, ANTES DE MARGARETH THATCHER OU HILARY CLINTON OU DA NOSSA DILMA, FOI UMA POLÍTICA AUTÊNTICA E UMA LÍDER FEMININA QUE DETESTAVA O FEMINISMO. SUA VIDA SE CONFUNDE COM A TRAJETÓRIA DE ISRAEL, DESDE O PROTO-NASCIMENTO DA NAÇÃO JUDIA ATÉ AS TERRÍVEIS LUTAS QUE DEVE DE ENFRENTAR COM OS POVOS ÁRABES E MUÇULMANOS. UM LIVRAÇO. INDICO A TODOS OS PASTORES E A TODAS AS MULHERES QUE QUEREM UMA LEITURA EMPOLGANTE, CRUEL, SÉRIA E TREMENDAMENTE IMPORTANTE PARA SE ENTENDER O QUE SE PASSA NAQUELA REGIÃO DO MUNDO. EM GOLDA ESTÃO TODOS OS PECADOS E TODAS AS VIRTUDES QUE FAZEM DOS PEQUENOS, GIGANTES.  

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail