MÁXIMAS DE UM PAÍS MÍNIMO


O NOVO LIVRO DE REINALDO AZEVEDO, AUTOR DE O PAÍS DOS PETRALHAS, É O MÁXIMO NUM MÍNIMO DE ESPAÇO. AS FRASES QUE ESCREVEU EM ARTIGOS NA REVISTA VEJA, NOS JORNAIS E EM SEU BLOG DEVERIAM SER LIDAS E RELIDAS POR NOSSOS POLÍTICOS, NOSSOS ARTISTAS, ATÉ PELOS NOSSOS RELIGIOSOS. QUEM GOSTA DE UMA LEITURA INSTIGANTE, QUE PROVOCA E ELEVA, VAI ENCONTRAR NAS MÁXIMAS DE REINALDO AZEVEDO, UM PRATO SABOROSO. REINALDO AZEVEDO TIROU UM TUMOR DO CÉREBRO. OS INIMIGOS DELE, PRINCIPALMENTE GENTE DA ESQUERDA, VIVE ESCARNECENDO DELE POR CAUSA DE SUA DOENÇA. ESSE FATO SÓ PROVA UMA COISA: OS PETRALHAS SÃO MELANCOLICAMENTE... CANALHAS! DESEJO VIDA LONGA AO REINALDO, UM JORNALISTA BRILHANTE E INDEPENDENTE, ARTIGO RARO EM NOSSO QUERIDO BRASIL. ABAIXO, ALGUMAS MÁXIMAS DE NOSSO MAIOR JORNALISTA:

1. NÃO SE PODE MAIS ACEITAR UM GOLPE COM TANQUES, COMO NO PASSADO. NÃO SE PODE MAIS ACEITAR UM GOLPE COM URNAS, COMO NO PRESENTE.

2. PEDEM QUE EU COMENTE A ELEIÇÃO DE FERNANDO COLLOR PARA A ACADEMIA ALAGANA DE LETRAS MESMO SEM TER ESCRITO LIVRO NENHM. VOCÊS PRECISAM APRENDER A VER O MUNDO PELO LADO BOM. PODERIA SER PIOR? SIM! ELE PODERIA TER ESCRITO UM LIVRO!

3. PERDEREMOS UM DIA, NEM QUE SEJA PARA A MORTE. IMPPORTA É O QUE SE GANHA NA TRAJETÓRIA. O RESTO É PÓ, BORRA DE CAFÉ, ÁGUA SERVIDA.

4. A CONVICÇÃO DA MAIORIA NÃO TORNA VERDADEIRA UMA MENTIRA.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail