Seis cuidados que todo homem deve ter


1. Homem, tome cuidado com o álcool. De cada dez pessoas que bebem mensalmente, uma ou duas ficarão, para sempre, dependentes da substância. No meu tempo, a gente chamava de viciado. Hoje, mudou de nome, mas a tragédia que se instala continua a mesma: destruição do casamento, perda do emprego, vida jogada fora. O inferno, o inferno.
2. Homem, tome cuidado com o poder. Nabucodonossor chegou no topo. Lá, exultou e se exaltou. Pensava que o que os Jardins Suspensos da Babilônia foi total mérito dele. Deus o amaldiçoou pela petulância e ele virou uma espécie de chupa-cabra na hora. Herodes discursou. O povo chegou a conclusão que ele era um deus. Deus concluiu que chegou o dia dele morrer. Morreu comido de tapurus, dias depois de ficar doente. O poder tem sido um poder destruidor de muitos homens. A soberba destruiu muitos dos grandes homens da História. Vamos aprender com ela para que ela não se repita conosco.
3. Homem, tome cuidado com mulher estranha. Explico, antes que duvidem de minha masculinidade: quem desgraçou Davi? Uma mulher! Quem apresentou o fruto proibido a Adão? Uma mulher! Quem tem destruído a vida de muitos homens? Uma mulher. De Dalila a Mônica Levinski, passando por Jezabeu e a jornalista que teve um tórrido caso com o Renan Calheiros, fica claro: uma mulher pode jogar um homem na lama muito mais rapidamente que a palavra oi.
3. Homem, tome cuidado com duas ou mais mulheres estranhas. Há homens que não se desgraçaram com uma Dalila, eles estão lascados por causa das várias Jezabéis que gravitam em torno deles. Alguns nem casar, casam. Vivem pulando de cama em cama, de experiência em experiência . Fique alerta: macaco que vive pulando de galho em galho quer levar chumbo.
4. Homem, tome cuidado com a ira. Muitos de nós temos explosões de raiva com muita facilidade. A ira do homem não opera a justiça de Deus, diz a Palavra. A ira, na verdade, pode ser sinal de imaturidade, falta de domínio próprio ou, pior, imbecilidade. Os presídios estão cheios de pessoas que, um dia, perderam o controle e se entregaram ao controle da raiva. E, por causa ela, cumprem pena até hoje. Esses são os felizes. Os infelizes irados e raivosos estão... enterrados ou desaperecidos! “Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra”.
5. Homem, tome cuidado com as emoções. É claro que algumas de nossas boas decisões foram tomadas debaixo de grandes emoções. Pedi a mão de minha esposa em casamento, emocionado. Muito emocionado, entreguei minha vida ao Senhor e Salvador Jesus Cristo. Mas, sem rédeas, as emoções qual potro indomável pode nos arrastar para dívidas impagáveis, aquisições equivocadas, relacionamentos perigosos, paixões nocivas. As emoções desenfreadas são um componente desestabilizador em qualquer ser humano. Infelizmente, nos homens, muito mais.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail