TENHO MEDO, TENHO MUITO MEDO


               
TENHO MEDO, MUITO MEDO
TENHO MEDO DE NÃO RECONHECER UM INOCENTE.
TENHO MEDO DE QUEM FAZ O MAL PELO MAL.
DA DESLEALDADE DE QUEM JURA FIDELIDADE.
DE, UM DIA, NÃO TER O QUE FAZER.
DE, UM DIA, DEIXAR DE SER EU MESMO.
DE, UM DIA, ODIAR QUEM NÃO FEZ NADA PARA SER REJEITADO.
DE, UM DIA, PARAR DE PENSAR E DE USAR O BOM-SENSO.
DE ANDAR E GOSTAR DE ANDAR COM GENTE ESSENCIALMENTE MÁ, QUE NÃO CONHECE A BELEZA DO EVANGELHO.
DE, UM DIA, DEIXAR DE SER EU MESMO, PARA QUERER SER OUTRO, ALGUÉM FAMOSO, QUEM QUER QUE SEJA.
DE DESISTIR DESSA CAMINHADA E DESSA CHAMADA.
DE DESOBEDECER AO SENHOR, E NÃO ME ARREPENDER, PAGANDO CARO POR ISSO.
DE SER O CANALHA DE MIM MESMO.
DE ME APROVEITAR DE QUEM CONFIA EM MIM.
DE TRAIR OS MEUS IDEAIS DE PUREZA DO EVANGELHO.

Um comentário:

MARCELA G. disse...

...tenho medo...

Receba mensagens desse blog no seu E-mail