Sílvio Santos parece que não gosta de evangélicos. Entra na fila, Sílvio!


Parece que Silvio Santos, o dono do SBT, ama dinheiro e detesta os evangélicos, com o mesmo ardor, comm a mesma paixão. Até os paralelepípedos sabem que o SBT é apenas mais um meio de Silvio Santos ganhar dinheiro. Alías, ele só pensa nisso. Veja como ele trata a apresentadora mirim Maísa (os pais dela também são um primor de amor a Mamon). Ele usa as pessoas para ganhar o que realmente ama: dinheiro. A filha e uma de suas esposas são crentes. Talvez por isso, ele deteste tanto os evangélicos. O SBT fez uma reportagem recentemente sobre “como é fácil abrir uma igreja evangélica”. A intenção era clara: tentar barrar o crescimento do seguimento evangélico. Mais fácil que abrir uma igreja evangélica é maltratar o povo evangélico. Por causa do crescimento de pregadores televisivos, a igreja cresce exponencialmente. Aí, Silvio Santos ficou com “raivinha” ou “invejinha”. Por que não fazem uma reportagem falando como é fácil para o catolicismo arrecadar dinheiro, instalar imagens de escultura em praças e escolas públicas, acobertar pedófilos dentro da instituição, impedir que o poder público seja laico? Nem os homossexuais são tratados com tanto preconceito e desprezo pelos evangélicos. Depois se ressentem que os evangélicos são radicais. Também, apanhando tanto, é psicologicamente compreensível. Eu tenho muitas críticas ao movimento evangélico. Justiça boa começa em casa. Mas, sou evangélico. Tenho orgulho de servir a Jesus Cristo. E não sou adorador de dinheiro. Eu trabalho, minha esposa também. Sou pastor por vocação, não por amor ao Real. O diabo amou a reportagem que o SBT levou ao ar. Quem sabe discernir a mão que balança o berço, não.

Um comentário:

Anônimo disse...

huahuahua esses pastores são de rir, viva silvio santos ;]

Receba mensagens desse blog no seu E-mail